App de gestão de CRM une online e offline no varejo

Em apenas 10 meses desde seu lançamento, o Oto, aplicativo de Inteligência Artificial voltado para o varejo, registrou um crescimento de 315% da receita mensal, comparando o MRR de fevereiro com o de dezembro, ambos em 2021. O resultado comprova a demanda do varejo por soluções tecnológicas que transformem o vendedor em protagonista da transformação digital, garantindo mais autonomia e produtividade a partir de dados dos consumidores.

Com o objetivo de elevar a transformação digital, levando agilidade, praticidade e informação para as mãos dos vendedores das lojas físicas, o Oto também registrou, em menos de um ano de existência, crescimento de 156% na quantidade de clientes. O diretor executivo do Oto, Guilherme Bohnen, explica que o objetivo do aplicativo é incluir o vendedor como peça principal do processo de transformação digital do varejo, além de ser importante para a melhora da experiência do cliente com a marca.

“Com o Oto, é possível levar até as mãos dos vendedores informações de cada consumidor para que ele utilize de forma personalizada ao contatá-los seja por WhatsApp, sms ou ligação. Os dados que chegam via aplicativo estão interligados pelos rastros que os clientes deixam tanto no mundo online, quanto no offline. Isto torna as interações entre marca e cliente muito mais assertivas e humanizadas, melhorando o relacionamento com o cliente e por consequência as vendas”, afirma o diretor.

O varejo vem se adequando a toda essa transformação digital, e a tendência é que cada vez mais marcas atuem desta forma. Parte dos vendedores de lojas físicas possuem 40% do seu tempo ocioso e, unindo os recursos oferecidos com o aplicativo e os dados dos clientes, a conversão de venda passa a ser muito maior com a ferramenta em uso, tornando-se mais fácil conquistar e fidelizar o cliente no dia a dia, já que durante este período, o vendedor pode entrar em contato com consumidores.

A ferramenta também vem passando por constantes evoluções e recentemente passou a oferecer cashback, permitindo que varejistas façam a gestão do benefício de maneira personalizada, levando em consideração o perfil do cliente e de suas compras.

“Queremos mudar o modo como o varejo se relaciona com os clientes, tornando o contato mais humanizado e assertivo, englobando os mundos online e offline. Para nós, o principal ativo de conversão é o ser humano, a IA é uma grande aliada no fornecimento de dados, mas é a pessoa por trás dela que será capaz de encantar o consumidor e oferecer exatamente o que ele precisa”, finaliza Bohnen.
Fonte e mais informações em: (www.otocrm.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap