191 views 2 mins

Airbnb proíbe câmeras de segurança

em Tecnologia
quarta-feira, 13 de março de 2024

Preocupado com questões relacionadas à privacidade, o Airbnb anunciou que irá proibir o uso de câmeras de segurança em ambientes internos dos imóveis que anuncia.

Vivaldo José Breternitz (*)

Até agora, o Airbnb permitia que os proprietários dos imóveis mantivessem câmeras de segurança em áreas internas, como corredores e salas de estar, desde que essa informação constasse na página do imóvel. Não eram permitidas câmeras em banheiros e quartos de dormir.

A empresa informou que agora proíbe câmeras de segurança em todos os ambientes internos, e que essa mudança ocorre em função de relatos de hóspedes que encontraram câmeras ocultas nos imóveis que alugaram – é importante ressaltar que a proibição não elimina o problema das câmeras ocultas.

O Airbnb também está introduzindo novas regras para câmeras de segurança externas: os locadores serão obrigados a divulgar a presença e localização das câmeras externas antes da reserva e não poderão usa-las para monitorar espaços internos, não sendo permitido instalá-las em áreas externas privativas, como chuveiros ou saunas ao ar livre.

As novas regras entram em vigor em 30 de abril. Se um hóspede relatar a presença de uma câmera irregular, o Airbnb investigará e poderá remover o anúncio ou a conta do anunciante de sua plataforma, o que em tese deve trazer-lhe prejuízos.

A privacidade corre cada vez mais perigos!

(*) Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, é professor da FATEC SP, consultor e diretor do Fórum Brasileiro de Internet das Coisas – [email protected].