Modelo federativo do país ‘precisa de ajustes’

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) afirmou que, 130 anos após a proclamação da República, é preciso fazer algo para garantir aos brasileiros acesso a serviços e direitos essenciais, como educação, saúde, emprego e renda. Passado aquele momento histórico, os brasileiros não viram vingar os princípios e vantagens do republicanismo.

Ao contrário, acrescentou o senador, afirmando que “o modelo federativo adotado no país não garantiu aos estados as condições para o atendimento à população. O resultado é a situação financeira crítica de Minas, Rio e Rio Grande do Sul, entes que, no passado, se destacaram por suas forças econômica e política”, lamentou, ao lembrar que, para contornar a situação e ganhar força para enfrentar as dificuldades, os governadores estão se unindo, por meio de consórcios de estados.

“Ou a gente arruma essa casa logo, equilibramos a Federação e colocamos a pesquisa científica, a inovação e a educação como a essência do republicanismo, da República verdadeira, como conceito de República, ou estamos brincando, fazendo discursos ocos, vazios, sem sentido”, alertou (Ag.Senado).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap