#Tenha Cicatrizes_15_08_2019_Aprender Inglês: NADA SIMPLES E BEM COMPLICADO!

Aprender Inglês: NADA SIMPLES E BEM COMPLICADO!

O título pode parecer assustador e desanimador, porém são duas maneiras com que normalmente futuros alunos, ao passarem por seus testes de nivelamento iniciais, costumam usar para se expressar sobre suas experiências passadas quanto a aprender e falar inglês.

Lilian Simões

Lilian Simões (*)

Já experimentaram de quase tudo um pouco, fórmulas mágicas, diferentes cursos, um mês de intercâmbio… porém, acabam, ou não conquistando o grande sonho ou percebendo que se expressam pobremente, principalmente quando comparada à qualidade de expressão na língua mãe.

São executivas, empresários, diretoras, gerentes, supervisoras que fazem reuniões, apresentações, negociações ‘com os pés nas costas’ quando em português, mas quando precisam fazer isto em inglês, ah… ‘they just freak out!!’

Mas eu te digo: falar um 2º. Idioma não é complicado e é até bastante simples e acessível, basta você entender a mecânica do mesmo, a ‘fórmula mágica’!!

Malcolm Gladwell, no livro Outliers defende que é necessário muito esforço se você quiser se tornar um expert. Ele menciona algo em torno de 10 mil horas necessárias para se tornar qualificado em um determinado assunto.

‘Ok, então você está me dizendo que tenho que estudar 10 mil horas de inglês para poder falar bem? ’

NÃO!! Mas o que quero dizer é que você precisa sim dar mais bola para aquilo que aprende em sala, passar mais vezes pelo o que aprendeu, experimentar o vocabulário que ainda está fresco em novas frases, repetir a nova pronúncia, escutar o áudio algumas vezes… Você precisa fazer o simples, o óbvio, o garantido e assim, você irá para a próxima aula sabendo muito bem aquilo que aprendeu nas últimas classes.

Quando uma aula é bem estruturada, preparada, ela agrega uma série de componentes importantes a construção do seu idioma. Compare à uma casa: da fundação ao telhado, são uma série de estruturas e detalhes que não poderão faltar ou você terá uma residência frágil, pronta para ser soprada pelo vento!

Como diz Jeff Olson em seu livro ‘The Slight Edge’, se você mantiver, ao longo do tempo e de forma consistente, uma disciplina diária simples e sucinta, você obterá resultados e conquistas. Sabe aqueles 15 minutos de caminhada por dia, ou a leitura ‘obrigatória’ antes de dormir?

Meu convite é que você adote hábitos simples, descomplicados, elementares e acessíveis de estudos em relação ao seu 2º. Idioma!! 15 minutos por dia somarão 121h ao final de um ano, o equivalente a um nível completo!

Acredite: aprender um novo idioma é como aplicar dinheiro com juros compostos: quanto mais você estuda, mais sabe, quanto mais sabe, mais quer estudar, quanto mais quer estudar, mais fácil fica, quanto mais fácil fica, mais você se sente satisfeito, quanto mais satisfeito se sente, mais quer falar e quanto mais fala, mais aprende!!

Deixe seu novo idioma trabalhar para você!

(*) É membro dos Empreendedores Compulsivos, diretora há 31 anos da Essential Idiomas, formada em Coaching Ontológico e mãe de um cara muito legal, de 30 anos e que há 3 anos é seu sócio! Começou a empreender assim, de repente, mas fez isso com um olhar tão voltado a atender com muita qualidade que deu certo!! A Essential é uma escola que cuida dos detalhes, que entende a necessidade e os objetivos de seus Clientes/Alunos a partir de uma ferramenta inicial de assessment e do acompanhamento que faz durante todo o caminhar! (www.essential.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link