#Tenha Cicatrizes_12_09_2019_Venda mais com funcionários felizes

Venda mais com funcionários felizes

A felicidade está presente no nosso dia a dia. E, porque não aliar ela ao processo de vendas da sua empresa?

Augusto Roque

Augusto Roque (*)

Uma pesquisa da PWC (2017) apontou que 71% dos consumidores indicaram que os funcionários têm grande impacto em sua experiência de compra e vale puxar pela memória: quantas vezes deixamos de comprar algo de algum lugar porque o vendedor estava emburrado e não nos atendeu de forma adequada, ou ainda, você consegue se lembrar daquela vez que você não precisava comprar nada, mas aquela vendedora com sorriso no rosto (e bons argumentos) fez despertar em ti o sentimento de adquirir algo?

Já pensou se o seu funcionário atendesse ao cliente final da mesma forma que é tratado na empresa…Pois é, quando falamos de felicidade no trabalho, basicamente estamos falando em criar um ambiente próspero e feliz baseado no bem estar do colaborador e nas condições que são realizadas pela empresa para obter o seu engajamento. Funcionário engajado, além de vestir a camisa da empresa, vende mais. E isso seria o ideal para a organização, lembrando que as pessoas buscam a felicidade como as empresas buscam lucros. Mas como a felicidade, os lucros não podem ser perseguidos, eles acontecem.
Para que o processo de venda baseado na felicidade seja aplicado na empresa, é necessário que a organização, em conjunto com a área comercial e RH, aplique a seguinte fórmula: PROPÓSITO + CULTURA INTERNA + AMBIENTE HUMANIZADO + ENGAJAMENTO + EFICIÊNCIA NAS VENDAS = FELICIDADE

1. Toda empresa tem (ou deveria ter) um PROPÓSITO. Propósito nada mais é o POR QUE uma organização existe. Diferentemente da sua Missão (que é a razão de uma empresa existir), o propósito é a declaração de como a empresa pretende contribuir com a humanidade. Ele promove inovações significativas e ideias visionárias e ajuda o negócio a navegar em momentos turbulentos. Injeta mais poder na mensagem da marca, ajuda a atrair talentos certos e retém esse talento por mais tempo na organização, contribui para a realização pessoal e uma vida bem vivida, e gera resultados financeiros superiores e no longo prazo.

2. Adequação da CULTURA INTERNA. Se vendemos um produto ou serviço que é inconsistente com o que acreditamos, ele não será autentico e nossos colaboradores e clientes acabarão percebendo e – o que é mais importante – sentindo isso. Desta forma, faz sentido aposentar um produto ou dissolver uma divisão que não se encaixe no Propósito. Assim, baseado no Propósito, a empresa deverá direcionar a sua cultura organizacional para vender mais e melhor criando adequadas para que o colaborador desempenhe suas funções com eficiência.

3. Criação de um AMBIENTE DE TRABALHO HUMANIZADO. Temos que entender a importância da Felicidade no Trabalho, ou seja, precisamos criar um ambiente de trabalho onde as pessoas possam se sentir confortáveis para conversar, trocar ideias, desabafar, respirar e, porque não, se divertir. Afinal, se o propósito da felicidade é trabalhar a felicidade como propósito, porque não criar um ambiente mais humano e feliz?

4. Aplicar programas de ENGAJAMENTO. Entender o funcionário, seus desejos e até a forma como ele gostaria de ser tratado é fundamental para a empresa obter o engajamento do colaborador. Além disso, ao perceber de forma prática a aplicação do propósito e do aculturamento pela felicidade, o vendedor passa a ter um senso de responsabilidade, que incide na adoção de mecanismos de diálogo e transparência, ao mesmo tempo em que a empresa desenvolva ações para reconhecer e recompensar as conquistas obtidas.

5. Promover a EFICIÊNCIA. Sabemos que as vendas são à base de uma organização lucrativa. Afinal é somente pelas vendas que a empresa obtém seu faturamento. Para que haja eficiência no processo de vendas, além de despertar o espírito de liderança e o senso de pertencimento, a empresa deve treinar seus colaboradores de acordo com o propósito e sua cultura organizacional, buscar desenvolver práticas que elevem o espírito de companheirismo e equipe e aprimorar os processos para vender mais e melhor.
Desta forma, ao seguir estes 5 passos, entendemos que uma empresa estará preparada para vender mais, obter mais lucros e atuar de forma mais humana, empregando os melhores talentos e os colaboradores mais felizes!

Até a próxima!

(*) É Membro dos Empreendedores Compulsivos, Diretor da Curso e Percurso, especialista em Propósito, Felicidade, RH 4.0 e Empreendedorismo, com mais de 20 anos de experiência como executivo, palestrante, professor e consultor. Tem Mestrado em Bem-Estar e Inovação pela FEI-SP e é bacharel em Administração pela FEI-SP. Saiba mais em compulsivos.org ou pelo email: augusto@cursoepercurso.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap