Negócios em Pauta 21 a 23/08/2021

A – Referendo sobre legalização da eutanásia

A Itália terá um referendo sobre a legalização da eutanásia, tema que já motivou crises institucionais no país e que enfrenta a oposição do Vaticano. Uma petição organizada por uma associação que defende a causa já coletou o mínimo de 500 mil assinaturas necessário para forçar a convocação de uma consulta popular, sendo 430 mil presenciais e 70 mil online. A campanha havia sido iniciada em 1º de julho e tem até 30 de setembro para bater a meta. No fim da campanha, as assinaturas serão validadas pela Corte de Cassação, instância máxima da Justiça italiana. Se a questão posta pelo referendo for considerada legítima, a votação pode ocorrer em 2022. A Associação Luca Coscioni propõe a revogação de um trecho do Código Penal italiano que aplica penas de seis a 15 anos de prisão a quem “causa a morte de uma pessoa com seu consentimento” (ANSA).

B – TI para Pessoas com Deficiência


A Embraer e o Instituto de Gestão em TI acabam de lançar um programa para pessoas com deficiência que queiram ingressar ou se especializar na área de tecnologia da informação. Ao todo, são 300 bolsas de estudo 100% online e gratuitas. Além da qualificação profissional que aumenta as oportunidades no mercado de trabalho, cerca de 50 alunos serão selecionados ao término do curso para atuar de forma 100% remota em diversas áreas da fabricante brasileira de aeronaves. Podem se inscrever pessoas acima de 18 anos, de todo o Brasil, que tenham ensino médio completo, no site: (https://www.igti.com.br/bootcamp/embraer-socialtech).

C – Atuação da Engenharia


A Universidade Presbiteriana Mackenzie em Campinas realiza, entre os dias 30 de agosto e 3 de setembro, a sétima edição da Semana de Engenharia, com palestras e mesas redondas realizadas nos turnos diurno e noturno. A discussão será sobre o tema “O Engenheiro Multifacetado”. O objetivo é discutir as múltiplas possibilidades de atuação de um profissional da engenharia no mercado de trabalho, apresentando a grande variedade de oportunidades que estarão à disposição dos futuros engenheiros. A ideia é mostrar alternativas em que os engenheiros da atualidade podem atuar: saúde, bolsa de valores, tecnologia etc. O evento será on-line e transmitido pela plataforma Teams e a inscrição pode ser feita em (https://linktr.ee/semack).

D – Mulheres na Tecnologia


Reconhecida como uma empresa que tem base de cultura e trabalho em equipe, a Fhinck, startup brasileira que oferece solução para reduzir a ineficiência e aumentar a produtividade no trabalho, anuncia a primeira edição do programa de desenvolvimento “The Fhincker Way”. Ao todo serão 10 vagas, com duração de dois anos, e visa formar profissionais mulheres para atuar em tecnologia, mais especificamente com análise de dados e indicadores. O objetivo é ampliar a participação das mulheres no setor e trazer representatividade, contribuindo para redução das desigualdades entre homens e mulheres em tecnologia. O propósito é que elas possam se sentir preparadas e competir pé de igualdade em um mercado majoritariamente masculino. Mais informações: (www.fhinck.com).

E – Equidade de Gênero


O setor de Tech ainda emprega poucas mulheres e carece de ações para promoção da equidade de gênero. Pensando nisso, o Banco Bmg criou o Juntas em Tech, série de ações que incluem palestras abertas e gratuitas sobre o tema, que serão realizadas ao longo de agosto e setembro, assim como iniciativas internas para fomentar a equidade na organização, em parceria com (www.programaria.org/),
startup de impacto social com a missão de empoderar mulheres por meio da tecnologia e da programação. Hoje, para se ter ideia da disparidade no setor, apenas 15% dos estudantes dos cursos relacionados à Computação e 20% dos profissionais do mercado Brasileiro de TI são mulheres. Entre os dias 16 e 18 de setembro, o Bmg patrocinará o PrograMaria Summit, evento anual de celebração das mulheres na tecnologia.

F – Tecnologia 4.0


Se a sua empresa fornece soluções ou está sendo transformada pela indústria 4.0 você está convidado a participar do Prêmio ABII 2021 inscrevendo seu case até o dia 3 de setembro. O prêmio é realizado pela Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII) e reconhecido por destacar projetos que desenvolvem ou utilizam as tecnologias habilitadoras da indústria 4.0. Em sua 4ª edição, funciona como um palco para as empresas mostrarem seus projetos ao mercado. Neste ano, a grande novidade é que o prêmio é aberto para qualquer empresa interessada em participar.
A grande final, com apresentação dos finalistas, ocorre no dia 27 de outubro. Inscrições e mais informações: (https://tinyurl.com/8padyb5u).

G – Sucessora da Alitalia


A ITA, versão reestatizada da companhia aérea Alitalia, recebeu autorização para voar e para vender passagens aéreas. A permissão abre caminho para a ITA cumprir a meta de decolar no próximo dia 15 de outubro. A ITA, sigla para “Italia Trasporto Aereo”, iniciará sua trajetória com uma frota de 52 aviões, quantia que será aumentada para 78 em 2022 e 105 até o fim de 2025. O plano industrial ainda prevê entre 2,75 mil e 2,95 mil funcionários na nova empresa, com o objetivo de chegar até 5,7 mil em 2025 – a atual Alitalia tem 10,5 mil empregados. A companhia terá como hubs os aeroportos de Fiumicino, nos arredores de Roma, e Linate, em Milão, que cobrirão inicialmente 45 destinos incluindo Nova York, Boston, Miami, Washington, Los Angeles, Tóquio, São Paulo e Buenos Aires (ANSA).

H – Setor de Moda


Micro e pequenas empresas podem se inscrever para a Rodada de Negócios Virtual voltada para o setor de moda. O evento será realizado pelo Sebrae-SP em parceria com a Abvtex. As negociações ocorrerão na próxima quinta-feira (26), a partir das 13h30. O objetivo é criar mais um canal para empresas venderem seus produtos e oferecerem seus serviços. Na ação voltada para o setor de moda, podem se inscrever empresas que vendem tecidos, produtos acabados, acessórios, óculos, calçados, bijuterias, decoração, artigos têxteis de cama, mesa e banho, serviços de alfaiataria e bordados. Interessados podem fazer a pré-inscrição em (https://sebrae.rodadasonline.com.br/) ou buscar mais informações no tel:
0800 570 0800.

I – Pandemia na Educação


O Learning Village, primeiro hub de inovação e tecnologia com foco em educação e desenvolvimento de pessoas, fundado pela SingularityU Brazil e HSM, está com uma programação de eventos especiais voltados para educação e tecnologia. Os encontros objetivam incentivar networking, troca e aprendizado entre startup, grandes empresas e o público interessado. O tema será “High Tech and High Touch/Educação, Tecnologia e Espiritualidade” conduzido por Rafael Ávila, Diretor de Ampliação da Consciência & Inovação na Ânima Educação. Falará sobre os novos modelos de educação pós-pandemia, os impactos e barreiras construídas por conta do isolamento social e quais as tendências, métodos e maneiras de desconstruir esses obstáculos. Inscrições: (https://learningvillage.com.br/eventos/high-tech-and-high-touch-educacao-tecnologia-e-espiritualidade/).

J – Saúde Suplementar


Profissionais das áreas de Economia, Direito e Promoção de Saúde, Qualidade de Vida e Gestão em Saúde, podem inscrever artigos científicos, trabalhos de conclusão de curso de pós-graduação no XI Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar. A ação também conta com espaço para exibição de pôsteres de trabalhos. Nesta modalidade, também são aceitos trabalhos de graduação. Cada candidato pode inscrever apenas um trabalho ao prêmio, mas múltiplos pôsteres. Realizado pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar, a iniciativa conta com mais de 60 pesquisas premiadas e algumas centenas de estudos avaliados, consolidando-se como a principal premiação de trabalhos acadêmicos com foco em saúde suplementar no Brasil. O regulamento pode ser acessado em: (https://www.iess.org.br/premio).

K – Imóveis em Portugal


O Parlamento Português optou por novas regras dentro do programa de visto permanente Golden Visa, que beneficia compradores de imóveis com valor a partir de € 500 mil, em troca da autorização de residência permanente. Essas mudanças impactam o cenário de imigração a partir de janeiro de 2022. Imóveis dentro das regiões de Lisboa, Porto, Algarve e demais áreas do litoral não serão mais elegíveis para a obtenção desse visto de residência. “Para os que querem realizar o sonho de ter residência em Lisboa ou Porto, o momento é agora. O processo inclui fases burocráticas que levam um certo tempo, e por isso, essa é a última chamada para quem quer investir em um imóvel nessas áreas”, explica Cesar Damião, CEO da Global Trust (www.globaltrust.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap