Como serão os espaços de trabalho após a pandemia?

  • Save
O objetivo é facilitar a transição dos membros para a volta ao escritório. Foto: wework.com/reprodução

A disseminação da contaminação pelo novo coronavírus levou mais de 4 bilhões de pessoas a aderirem ao isolamento social em todo o mundo. À medida que a curva de contaminação diminui, países lançam planos de reabertura da economia, buscando atingir uma nova normalidade. Para esse momento pós-pandemia, a WeWork, maior rede de coworking do mundo, presente em 37 países, desenvolveu um plano de retorno para o trabalho.

Com implementação prevista em todas as suas unidades à medida que os governos de cada país iniciarem as ações de retomada das atividades econômicas. Para tanto, a empresa tem adequado as áreas comuns e espaços privativos de seus prédios, buscando garantir padrões elevados de saúde e segurança, alinhados às orientações fornecidas pelo Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos – CDC, pela OMS e pelas organizações locais de saúde.

Sandeep Mathrani, CEO da WeWork, explica que as medidas serão implementadas em nível global para garantir que os membros tenham um espaço seguro para trabalhar. “Estamos trabalhando para implementar melhorias na saúde, segurança, limpeza e, principalmente na construção e design de espaços. Desenvolvemos um plano focado em três pilares principais: distanciamento profissional, limpeza e sinalização indicativa”, conta.

O objetivo é facilitar a transição dos membros para a volta ao escritório, priorizando seu bem-estar, conforto e segurança. No pilar de distanciamento profissional, a WeWork realizou ajustes no design dos os espaços compartilhados, com assentos escalonados e áreas vazias, a fim de manter uma distância física saudável entre membros e colegas de equipe. Em higienização, as medidas de limpeza foram aprimoradas para garantir a saúde e o bem-estar de todos os membros, com desinfecção mais frequente nas áreas comuns e fornecimento de produtos de higienização nas unidades.

Por fim, os novos protocolos de capacidade serão reforçados com sinalizações estrategicamente posicionadas a fim de evitar aglomerações em corredores e áreas comuns. Espaços como cafeterias e recepções, que possuem uma grande movimentação, contarão com sinalizações nas paredes e pisos para que todos mantenham uma distância segura. Fonte e outras informações: (www.wework.com/).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap