Dólar alto não é impedimento para investir nos Estados Unidos

  • Save
Para a sócia diretora da FB Wealth, “não existe pior ou melhor, somente no momento de resgate que essa conta tem que ser considerada”. Foto: Divulgação

Com as recentes reduções na taxa Selic e a queda nos rendimentos de renda fixa, os investimentos no exterior têm se tornado cada vez mais atrativos. Muitas vezes essa opção é deixada de lado pelos brasileiros, simplesmente por parecer muito complicada, mas é bom ter consciência da importância de uma carteira diversificada. A renda fixa nos EUA pode até chegar a ter um rendimento mais baixo, mas possui um risco muito menor.

Além disso, a maioria dos bens que consumimos hoje em dia, como gasolina, equipamentos eletrônicos, softwares de tecnologia, entre outros, são precificados em dólar, dessa forma ter todo o patrimônio aportado em real não é saudável, pois isso gera um descompasso entre os ativos e passivos. Daniela Casabona, Sócia-Diretora da FB Wealth, explicou quais são as melhores opções para os investidores que tem interesse em aportar nos EUA.

“São os Bonds, eles têm cupons pré-fixados que pagam atualmente até mais do que a Selic”, pontua. Os Bonds funcionam como títulos de renda fixa, podem ser emitidos tanto pelo governo americano, quanto por empresas privadas. “Para ter acesso a esses títulos aqui do Brasil, é preciso abrir conta em uma corretora americana, para isso é necessário comprovar a renda, um passaporte americano e a comprovação de endereço”, ressalta.

Os rendimentos podem ser muito bons para uma carteira de renda fixa, chegando até 6,5% brutos por ano. Ganhos muito próximos dos investimentos em renda fixa aqui, como os títulos do governo brasileiro. “Com a taxa de juros mais baixa alguns ativos ficaram mais atrativos lá fora. O risco é muito parecido com de uma Debênture brasileira, então, se a empresa escolhe não pagar o cupom ou mesmo quebrar, podem haver problemas.

Porém, geralmente as empresas escolhidas para nosso portfólio são bem sólidas, com boas avaliações de crédito”, afirma Daniela Casabona. O alto valor da taxa câmbio atual não é um impedimento de acordo com a Sócia-Diretora da FB Wealth. “O ideal é sempre fazer o investimento. Não existe pior ou melhor, somente no momento de resgate que essa conta tem que ser considerada”, finaliza (Fonte: Gueratto Press).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap