Com a pandemia, 70% das vagas de tecnologia são remotas

A digitalização das empresas na pandemia e o consequente aumento na procura por profissionais de tecnologia têm modificado o mercado de trabalho nesta área. Se antes quase 100% das vagas eram presenciais, atualmente, 70% das contratações são para trabalho remoto. Os dados são da consultoria de recrutamento e seleção Hub Talent. Esse número indica que, agora, profissionais passam a integrar equipes sem nunca terem entrado no escritório, já que todo o processo de seleção, integração e a rotina de trabalho acontecem no ambiente virtual.

“O home office está virando uma condição dos candidatos de tecnologia, que nos questionam no início do processo se a posição é remota. As empresas estão se adaptando a essa demanda, e vejo que muitas já enxergam o trabalho remoto não como um diferencial, mas como realidade”, afirma Victor Fazzio, Head de Tecnologia da Hub Talent. Com o crescimento de vagas de trabalho remoto no setor de tecnologia, a oferta de profissionais capacitados também aumentou, já que empresas abriram oportunidades para talentos de outras cidades e estados.

Os dados reunidos pela Hub Talent indicam que o isolamento social contribuiu para o rompimento de barreiras geográficas e para a aceleração da cultura “officeless”: 25% dos colaboradores contratados durante a pandemia, por empresas de São Paulo, residem em outras regiões. A Via Varejo, que contratou 22 profissionais de tecnologia em setembro, optou por mantê-los em home office desde o início.

“Ter profissionais trabalhando de forma remota reforça que não precisamos estar presentes fisicamente para sermos produtivos. Além disso, esta é uma oportunidade de reforçarmos algumas habilidades importantes, como a comunicação, para garantir que todos tenham as mesmas informações e direcionamento”, afirma Nathalie Sattler, Head de Atração e Seleção da Via Varejo.

De acordo com a executiva, esse modo de trabalho proporcionou a possibilidade de trazer talentos de outras regiões para a equipe. “Sabemos que há bons profissionais fora de São Paulo e que no passado não era possível acessá-los por causa da barreira geográfica. Queremos os melhores com a gente e agora temos certeza de que os alcançaremos”, diz Nathalie. O cientista de dados Leonardo Padilha passou pelo processo de seleção virtual da Hub Talent durante a pandemia e, em setembro, entrou para a equipe da Via Varejo para trabalhar remotamente.

“A experiência do recrutamento e da integração virtuais foi muito tranquila. Acredito que esse tipo processo vai se tornar cada vez mais comum”, comenta. O profissional, que antes gastava 3 horas por dia no trânsito, afirma que o trabalho em home office foi um ponto crucial para a contratação. Leonardo mora em Sorocaba, a 110 quilômetros de distância do escritório da Via Varejo, e teria que passar 4 horas por dia se deslocando entre a casa e o trabalho. “Hoje essas horas são usadas para dormir melhor, praticar atividades físicas e passar mais tempo com a minha família”, conta. Fonte e mais informações: (www.somoshub.com).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap