As diferenças entre Drop Shipping e Cross-Border

O Drop Shipping, termo bastante conhecido no Brasil, é uma operação que consiste em criar uma loja virtual local, vendendo produtos de terceiros com origem de outros países, em sua grande maioria, da China.

“Muitos empreendedores que iniciam suas jornadas no canal digital acabam optando por essa modalidade de negócio”, diz Felipe Dellacqua, especialista em e-commerce e sócio da VTEX, multinacional que provê plataformas de e-commerce para um quarto das lojas virtuais do país.

Dessa forma, podemos dizer que o Drop Shipping é uma espécie de marketplace cross-border, que vende produtos de sellers internacionais apenas para o mercado local. Diferente dessa modalidade, o Cross-Border nada mais é que um tipo de operação de e-commerce em que se vende para outros países. Este é um dos mercados que mais cresce na digitalização do varejo.

Já imaginou ter o seu catálogo em português em diferentes línguas e vender para outros países podendo ganhar muito mais com a sua operação? “Com o cross-border, é possível ter o seu estoque no Brasil, com um catálogo de produtos em inglês precificado em dólar e um catálogo em espanhol precificado em euro, por exemplo, para atender a diferentes públicos no mundo inteiro.

Considerado a última barreira ou o último estágio de maturidade de uma operação online, o e-commerce cross-border permite vender para mercados ainda maiores que o Brasil, ganhar crescimento e ter rentabilidade maior”, afirma o especialista. Fonte e mais informações: (www.vtex.com).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap