105 views 48 secs

Governo gastou R$ 25,6 milhões em campanha sobre Olimpíada

em Manchete
sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Divulgação

Procurador Ailton Benedito de Souza.

Brasília – O governo federal gastou, até o momento, R$ 25,6 milhões na campanha “Somos todos Brasil”, que tem como mote a realização dos Jogos Olímpicos. A campanha foi criticada pelo procurador Ailton Benedito de Souza, que pediu sua imediata suspensão. Souza menciona na representação que a presidente Dilma gastou R$ 9 bilhões em publicidade no seu primeiro mandato e que só no ano passado gastou quase R$ 500 milhões com propaganda.
Para a Procuradoria da República em Goiás, a campanha se presta a desinformar os brasileiros sobre a “verdade” da situação pela qual passa o País bem como estimular no “inconsciente coletivo” um sentimento favorável à Olimpíada e à presidente Dilma Rousseff. O procurador afirma que a campanha não pode ser qualificada como publicidade institucional nos moldes previstos na Constituição. Segundo ele, a propaganda é “sem sombra de dúvida” de caráter político-ideológico patrimonialista.
“Seu objetivo é estimular na sociedade sentimentos favoráveis à presidente da República, ao seu governo e à coalizão partidária que lhe empresta sustentação, num momento em que, como ‘nunca antes na história deste País’, estão mais fragilizados politicamente, enfrentando elevadíssima rejeição social”, afirma o procurador (AE).