China confirma antidumping sobre importação de frango

China temporario
  • Save

O Brasil é a origem de mais de 50% das importações de carne de frango da China.

Foto: Lavandeira Jr/EFE

A China confirmou na sexta-feira (15) a imposição de medidas antidumping sobre as importações de frangos brasileiros, após uma investigação na qual concluiu que os produtores domésticos sofrem concorrência desleal. O Ministério do Comércio chinês publicou a “resolução final” deste caso, segundo a qual os importadores devem pagar para a alfândega de seu país uma taxa de imposto entre 17,8% e 32,4% durante os próximos cinco anos, uma medida que entra em vigor neste domingo (17).
A medida foi tomada depois que uma investigação determinou que está ocorrendo o “dumping” nas exportações de frango brasileiro, prejudicando “substancialmente” o setor chinês. No entanto, o governo da China chegou a um acordo com 14 empresas brasileiras exportadoras de carne de frango, que ficarão livres das novas tarifas em troca de um compromisso de preço, entre elas duas das maiores exportadoras de carne em nível mundial, BRF e JBS.
As outras empresas brasileiras excluídas são Copacol, Consolata, Aurora Alimentos, Bello Alimentos, Lar, Coopavel, São Salvador Alimentos, Rivelli Alimentos, Gonçalves e Tortola, Copagril, Vibra e Kaefer. Além disso, a entidade “não impôs direitos antidumping sobre produtos relacionados que não foram inferiores ao preço prometido”, acrescenta o comunicado. O Brasil é a origem de mais de 50% das importações de carne de frango do país asiático (Agência EFE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap