Cantareira completa 4º mês sem sofrer queda

Divulgação
  • Save

O Cantareira fechou o mês de fevereiro sem sofrer nenhuma queda.

São Paulo – Em mais um dia de chuva, o nível de todos os sistemas hídricos de São Paulo registrou aumento no volume armazenado de água, de acordo com relatório da Sabesp. O principal deles, o Cantareira subiu pelo 14º dia consecutivo e fechou o mês de fevereiro sem sofrer nenhuma queda. Responsável por abastecer 5,2 milhões de pessoas na capital e na Grande São Paulo, o Cantareira opera com 53% de sua capacidade.
A alta foi de 0,4 ponto porcentual comparado ao dia anterior, quando o manancial estava com 52,6%. Esses porcentuais, tradicionalmente divulgados pela companhia, consideram a reserva profunda como se fosse volume útil do sistema. Em janeiro, o volume acumulado do Sistema havia fechado em 45,4% – elevação de 7,6 pontos porcentuais em fevereiro. A última queda do nível do Cantareira foi no dia 22 de outubro, quando o volume de água represada desceu de 15,7% para 15,6%.
Nas últimas 24 horas, choveu sobre a região do Cantareira apenas 14,3 mm. Com 236,4 mm acumulados, o sistema superou a média histórica de precipitação para o mês (202,4 mm). Segundo o índice que calcula a reserva profunda como volume negativo, o nível do manancial também avançou 0,3 ponto porcentual e passou de 23,4% para 23,7%. Já o terceiro índice, que era de 40,7% neste domingo (28), atingiu 41% (AE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap