105 views 2 mins

Caiu o faturamento da indústria de máquinas e equipamentos

em Manchete
quarta-feira, 29 de julho de 2015

Clayton de Souza/Estadão Conteúdo

Faturamento da indústria de máquinas cai 6,5% no primeiro semestre.

O faturamento da indústria brasileira de máquinas e equipamentos acumula queda de 6,5% no primeiro semestre, na comparação com igual período do ano passado. Os dados foram divulgados ontem (29) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). A estimativa da associação é que o faturamento do setor recue 5% este ano, o que seria a terceira queda consecutiva da receita líquida de vendas da indústria de bens de capital mecânicos.
Em 2013, houve retração de 5% e, em 2014, de 12%. “Isso significa reflexo do que está ocorrendo no país. Nossas vendas caem porque país está investindo cada vez menos”, avaliou o presidente do Conselho de Administração da Abimaq, Carlos Pastoriza. O balanço mostra ainda que, em relação às exportações, foi registrado recuo de 17,4% de janeiro a junho em relação ao primeiro semestre de 2014.
De acordo com a entidade, o resultado é explicado pela “paralisia nos financiamentos à exportação, combinada com a volatilidade cambial”. A Abimaq considera que as variações sucessivas do câmbio são um fator recessivo adicional, pois aumentam os riscos de que haja um descompasso entre os preços dos insumos de produção e os preços de venda. A indústria de máquinas e equipamentos encerrou o período com 337 mil pessoas empregadas. Em 2014, eram mais de 368 mil no mesmo período (ABr).