Brasil assume comando do Mercosul e mira acordos comerciais

Alan Santos/PR
  • Save

Sessão Plenária do Mercosul, Estados Associados, México e convidados especiais.

O Brasil assumiu formalmente a Presidência rotativa do Mercosul ao fim da Cúpula entre os mandatários dos países que formam o bloco na sexta-feira (21). Agora, Michel Temer será o líder do grupo até dezembro. Temer se comprometeu com os avanços para fechar um acordo comercial com a União Europeia e disse que a reunião de Mendoza será lembrada como o momento em que o bloco econômico “voltou” a suas funções originais.
De acordo com ele, a “negociação externa é prioridade” do período em que o país comandará o bloco. Temer ainda aproveitou para reforçar que vai manter os esforços para chegar a um acordo com a Aliança do Pacífico, considerados “fundamentais para integrar a América do Sul”. Também usou seu tempo para expressar sua preocupação com a crise política na Venezuela, mas adotou um tom moderado para falar sobre o país, assim como havia ocorrido durante o discurso do presidente argentino, Mauricio Macri.
“Ficaremos atentos à situação da Venezuela. Aqui chegamos a alguns pontos que nos levaram a um primeiro consenso de que é preciso haver um diálogo pra ter uma pacificação interna da Venezuela”, disse Temer, ao destacar que essa pacificação é necessária para “ajudar o povo venezuelano, que sofre com as consequências” dessa crise. Temer finalizou seu discursando agradecendo ao presidente Macri pelo “excelente semestre da Presidência argentina” (ANSA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap