2021: dicas para apostar no mercado de moda e empreender no seu negócio

Com o aumento das vendas online e a facilidade do e-commerce, a indústria fashion continua movimentando a economia em todos os polos de moda do Brasil, online e offline. Ainda que o novo Coronavírus tenha fragilizado a movimentação financeira de todos os setores, os números para o mercado da moda foram bastante expressivos e investir neste segmento é um caminho atraente para quem pretende empreender em 2021.

De acordo com pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o Brasil faturou, apenas em e-commerce, de janeiro a agosto de 2020, R$ 41,92 bilhões e registrou um aumento de 47% no primeiro semestre. Se olharmos apenas para o setor de moda e acessórios, ainda segundo a ABComm, o Brasil teve um aumento de 34,9% e faturou R$ 4,1 bilhões.

Ou seja, com as estratégias e esforços nos lugares certos, investir nesse ramo de negócio pode trazer grandes resultados para quem está começando a se aventurar no mundo do empreendedorismo. Paula Martins, CMO do houpa!, primeira rede de pedidos online para o mercado de moda atacadista, trouxe algumas dicas de como ter sucesso ao trilhar esse caminho.

1- Tenha um bom planejamento – Pode até parecer uma dica batida, mas o planejamento ainda é o que vai dar solidez ao seu projeto. Ter uma boa estratégia é fundamental para medir as entregas de sucesso do seu negócio. Pergunte-se os porquês e invista tempo no seu produto.

  • Save
Imagem: Freepik

Faça essas perguntas a si mesmo: Por que meu negócio existe, qual o propósito dele? Quais resultados desejo alcançar e como vou alcançá-los e medir o sucesso de cada conquista? Uma vez que tiver essas respostas, saberá as necessidades do negócio e assim poderá começar a desenvolver um planejamento assertivo.

2 – Trabalhe sua identidade – Agora que você já sabe seu propósito e como vai alcançar seus resultados, é hora de entender como as pessoas vão identificar sua marca, produto ou empresa. Marcas surgem todos os dias, mas o que você pode oferecer de diferente para seus clientes? Faça benchmarking com seus concorrentes, diretos e indiretos e pense grande!

Procure marcas ou produtos similares fora do Brasil e mais uma vez, pergunte-se: Como eu posso promover uma experiência única para meus consumidores? Como posso me destacar da concorrência? A partir daí, defina como vai se comunicar (tom de voz), com quem está falando (persona da marca) e onde eles vão te encontrar (canais de atuação).

3 – Invista no digital – Investir no digital não é estar no digital. 2021 não vai dar chance para empresas que ainda acham que estar no digital é ter um canal ativo. Quando a crise do Coronavírus começou, quem estava preparado nas redes sociais saiu na frente na corrida pela sobrevivência comercial. As redes sociais funcionam como uma vitrine para seus produtos e é um meio sem barreiras, o que pode fazer com que consiga expandir os negócios facilmente.

Por isso, invista em marketing digital e de influência e lembre-se que engajamento é a alma do negócios nos dias atuais. Tenha uma pessoa dedicada, promovendo pautas de acordo com seu negócio e público-alvo e não se esqueça: Fale a língua do seu consumidor!

  • Save
Imagem: Freepik

4 – Esteja atento ao seu público – A melhor maneira de saber se seu produto tem agradado aos consumidores é conversando com eles. Crie e invista em canais de comunicação onde a troca de informações pode ser feita de maneira rápida, fácil e minimamente automatizada. Fortaleça esse canal entre marca e clientes para ter sempre uma pesquisa qualitativa sobre seus produtos. Além disso, uma marca aberta ao diálogo gera fidelização e mais conversões.

5 – Faça planejamento em ciclos menores – Em um mercado que muda a todo tempo, os planejamentos anuais não têm a mesma eficiência que um planejamento trimestral ou, até mesmo, mensal. Promova a cultura dos OKR’s trimestrais (entregas macro) na sua empresa e entenda os Resultados Chaves (entregas micro) de cada projeto a curto prazo. Dedique semanalmente um tempo da sua agenda para entender todo o andamento dos projetos e prepare-se para realinhar as rotas, empecilhos podem (e vão) acontecer. E aposte na economia criativa!

O momento pelo qual passamos em 2020, nos mostrou que o trabalho em equipe e a união de pessoas é fundamental para que todos possamos superar os desafios, portanto, lembre-se disso e procure maneiras criativas de lidar com os problemas dentro da sua comunidade. Faça parcerias com outros negócios para criar uma rede de apoio. Por fim, deixo aqui uma leitura fundamental para inspirar seu caminho pelo empreendedorismo: “Comece pelo porquê” de Simon Sinek.

Fonte e mais informações: (https://houpa.app/)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap