Startup de comunicação interna dá dicas de gestão de pessoas durante e pós-pandemia

Muitas empresas tiveram que adotar home office e outras medidas seguindo as normas de distanciamento social por conta do Covid-19. À medida que o mundo avança lentamente em direção ao retorno às atividades do dia a dia, os desafios serão maiores para os líderes e gerentes inspirarem seu time.
De olho neste cenário, André Franco, CEO da Dialog.ci, superapp que aproxima empresas e colaboradores, explica que, além de se preocuparem com a saúde financeira, as empresas também estão tendo que achar novas formas de manter o engajamento dos colaboradores. “Foi um desafio adaptar a comunicação nos tempos de home office, mas a tecnologia provou que este tipo de trabalho já pode ser aplicado com sucesso. Porém, manter a motivação dos colaboradores com o distanciamento físico, tem se tornado um desafio para muitas empresas”, explica.
Abaixo, ele lista algumas dicas de como os líderes devem se posicionar em um mundo pós-pandemia e como adaptar uma boa comunicação:
Alinhe a sua comunicação: a forma como a mensagem é transmitida ao público interno é muito importante para gerar engajamento. “É preciso avaliar o perfil da sua empresa para saber qual a melhor forma de disseminar uma mensagem com efetividade. Para isso, saiba que tipo de mensagem você quer passar, tenha uma comunicação que faça sentido com a cultura da sua empresa, sem sobrecarregar a rotina dos colaboradores e, o mais importante, escolha o método de entrega e o tom de voz que ofereça maior receptividade.”, comenta o especialista.
Aproveite o retorno para reinventar a sua empresa: como estamos enfrentando um cenário atípico jamais vivido, vamos entrar em um “novo normal” que mudará a forma das pessoas pensarem e agirem, onde a tecnologia e praticidade serão prioridades nos processos operacionais das corporações. “É o momento de quebrar regras e paradigmas, pensando em uma cultura mais inclusiva, com um foco maior em protocolos de segurança e saúde para garantir o bem-estar e felicidade da equipe”, complementa.
Proporcione um ambiente leve: quando os colaboradores sentem confiança e humanidade no trabalho, isso pode ser traduzido em resultados positivos, como ideias inovadoras, um bom atendimento ao cliente e alto grau de produtividade. O momento atual é com certeza desafiador em muitos sentidos e o profissional de RH precisa ser a consciência e a ouvidoria da empresa. É hora de ter empatia e solidariedade para lidar com as dificuldades, estar aberto a ouvir as pessoas para implementar medidas efetivas e também ter mais flexibilidade em relação às atividades. Este cenário evidenciou que a produtividade deve ser mais importante que carga horária. O momento é de pensar no todo, nos colaboradores e nas famílias e proporcionar um ambiente de compreensão e leveza.
“Passar apenas mensagens corporativas engessadas e falar exclusivamente sobre o que vai mal, pode ser arrebatador para a saúde emocional do seu time, ainda mais pensando em um cenário pós-pandemia, em que todos já estarão exaustos de notícias negativas. Concentre-se nas mensagens positivas, que transmitam confiança e verdade. Garanta que os líderes estejam investindo nas pessoas acima de tudo, criando um ambiente saudável e próspero”, finaliza André Franco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap