Facilite a jornada no e-commerce para o consumidor 50+

O e-commerce brasileiro cresceu durante a pandemia e registrou um faturamento de R$ 182,7 bilhões — crescimento de 27% em relação ao ano anterior. A modalidade se consolidou como a primeira opção de compra para muitas pessoas e, de acordo com o levantamento da consultoria NielsenIQ/Ebit, os consumidores com mais de 50 anos foram os que mais compraram online em 2021.

Esse fenômeno nunca foi registrado desde quando a pesquisa começou a ser realizada, há 20 anos. Ralf Germer, CEO da PagBrasil, fintech especialista em pagamentos digitais no país, explica que essa nova realidade é reflexo das mudanças de consumo, aceleradas pela pandemia. Ele ressalta, que o e-commerce precisa estar preparado para atender o público 50+.

“O mercado precisa oferecer a melhor experiência de compra para fidelizar esse cliente e, para isso, é fundamental oferecer um checkout transparente, que transmita segurança e que facilite a conclusão da compra com métodos variados e alternativos”, explica. Quem não investir em variedade de opções para fisgar esse consumidor pode ficar para trás.

De acordo com dados do Bank of America, a renda de um brasileiro acima de 50 anos é superior à média das faixas etárias mais baixas, sendo responsável por movimentar em torno de R$ 1,6 trilhão por ano no país. Ou seja, esse público tem maior poder de compra e pode ser decisório. Para Germer, a principal forma de facilitar a jornada de compra do público 50+ é oferecer métodos e meios de pagamento que atendam às suas exigências, com destaque para:

. Pagamento recorrente – Tendência no e-commerce, os clubes de assinatura ultrapassaram as barreiras do streaming e chegaram a diversos produtos no mercado. A modalidade permite aos consumidores o recebimento de seus produtos e serviços favoritos no conforto de suas casas e de forma recorrente, sem a necessidade de passar pelo processo de checkout mais de uma vez.

. Boleto – O boleto ainda é um método muito utilizado no país e atende principalmente os consumidores mais tradicionais, por conta de uma sensação maior de segurança na transação. Existem boletos mais otimizados que permitem a confirmação de pagamento mais rápida e, alguns, podem até mesmo serem pagos com o Pix.

. Pix – Com mais de 126 milhões de usuários cadastrados, de acordo com o Banco Central, o Pix é um dos meios de pagamento favoritos dos brasileiros. De acordo com estimativa da empresa estadunidense de tecnologia financeira FIS, a tendência é de que, até 2025, o número de usuários pode dobrar, devido a uma grande adesão ao método.

. Link de pagamento – A modalidade vem adquirindo espaço no mercado de pagamentos pela comodidade, rapidez e segurança. O cliente recebe uma página completa de pagamento por meio de apenas um link, via SMS, rede social ou e-mail. Um grande diferencial, é oferecer variedade de métodos no checkout, para que o cliente escolha a opção que melhor o atenda. – Fonte e outras informações:
(https://www.pagbrasil.com/pt-br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap