Como ser um empresário eficiente

Valdez Monterazo (*)

Empresas no mundo todo vem passando por uma revolução tecnológica disruptiva. Mas será que o comportamento das pessoas vem acompanhando essa evolução?

Como você pode imaginar, muitas vezes não. A sensação é que quanto maior o poder de informação, em geral, menor é a capacidade de lidar com ela. Ao invés de usar a tecnologia ao nosso favor, pessoas ao redor do mundo tem sua produtividade e atenção raptada pela mesma tecnologia que deveria ajudar sua vida pessoal e empresarial.

Experimente checar quanto tempo por dia você passa em mídias sociais, você irá se surpreender. Acontece que muito dos problemas comportamentais relacionados à improdutividade, hoje acentuados pelo uso indevido da tecnologia, não são novos.

Na verdade, eles agora apenas se repetem de maneira mais intensa. Pessoas, em geral, estão cada vez mais ansiosas, estressadas, preocupadas e improdutivas.

Você conhece alguém que se encaixe nessa situação? Às vezes até, intimamente?

Acontece que o tema de eficiência, produtividade e performance pessoal não é novo, já vem sido estudado e aplicado há muito tempo. Os princípios já conhecidos há décadas para combater a improdutividade pessoal ainda são extremamente atuais, e na verdade, o único remédio. Um dos grandes pensadores sobre o assunto foi Petter Drucker, um dos mais respeitados gurus de gestão no mundo.
Suas ideias, mesmo escritas décadas atrás, em um cenário onde não existia a tecnologia como concebemos hoje, se encaixam perfeitamente bem à nossa realidade.

Ele comenta 3 princípios, que se bem aplicados, podem multiplicar a performance de executivos, empresários e profissionais em geral. Eles são:

  1. – Gerencie o seu tempo – O tempo é a nossa única e verdadeira moeda de troca, nosso recurso mais valioso. Acontece que hoje muitos simplesmente distribuem, sem nenhuma contrapartida, seu maior bem.
  2. – Foque em resultados claros – Estar ocupado é muito diferente de ser produtivo. Ser produtivo está relacionado com o resultado específico de cada atividade que fazemos no dia a dia.
  3. – Estabeleça as prioridades corretas – Estabelecer as prioridades significa garantir que cada ação profissional no dia a dia esteja de acordo com suas metas profissionais, ou seja, que seu tempo e energia não seja desperdiçado.

Embora fáceis de entender, os princípios são desafiadores de colocar em prática e dominar. Nesse sentido, questione-se: Você tem objetivos e prioridades definidas?

Tem por hábito medir o resultado é impacto se suas ações? Consegue ter tempo para atividades pessoas e qualidade e vida? Uma fração minúscula da população consegue responder sim para essas perguntas, se esse não foi o seu caso, comemore.

Sim, comemore, pois pior do que ter um problema, é não saber que se tem um. Uma vez que temos a consciência de algo que pode ser melhorado, podemos sempre tomar a decisão de aprender e crescer como profissionais, e principalmente, como seres humanos. A tecnologia pode ter mudado, mas o comportamento humano continua o mesmo e depende de cada um promover a própria evolução pessoal e a performance profissional.

Torço para que você se inspire com o tema e, a partir de hoje, passe a gerir seu tempo com qualidade, a focar em resultados claros e a ter as prioridades corretas na sua vida pessoal e profissional. Ao fazer isso, você não somente será capaz de ter uma trajetória livre de preocupações desnecessárias, como também, passará a viver de maneira mais livre, próspera e bem sucedida.

(*) – É associado sênior na Sociedade Brasileira de Coaching, especializado em negócios, liderança e psicologia positiva (https://valdezmonterazo.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap