3 dicas para fidelizar o cliente com a logística reversa

Milhões de compras online no Brasil são trocadas ou devolvidas ao ano. Esse processo de trocas e devoluções é a chamada logística reversa, uma etapa da pós-venda ainda negligenciada por muitos varejistas, mas fundamental para a fidelização e o resultado dos negócios .

Levantamento da Ebit/Nielsen aponta que 47% das pessoas já deixaram de fazer compras online por terem tido problemas anteriores com a troca de produtos.
Pensando nesse aspecto importante da experiência de compra, Mauricio Cwajgenbaum, CEO e Co-Founder da Genius Returns, plataforma de automação e gestão de logística dos e-commerces, traz três dicas importantes para melhorar a logística reversa e transformar a experiência do cliente. Confira:

  1. – Invista em tecnologia – Diversos motivos podem levar ao descontentamento do cliente, desde a qualidade do produto até conflitos sobre sua descrição. Por isso, é necessário pensar à frente e ter soluções previamente estabelecidas para oferecer esse atendimento com celeridade e eficiência.

A logística reversa não pode e não deve ser motivo de desgaste para o cliente, mas sim a melhor alternativa para resolver o seu problema. Trocar ou devolver um produto deve ser tão fácil quanto comprá-lo. O mercado dispõe de soluções tecnológicas que facilitam essa operação, automatizando diversos processos que antes eram manuais.

  1. – Planeje e otimize sua logística – Processos longos não são viáveis para um e-commerce, já que os consumidores online exigem imediatismo e agilidade. Por isso, além de investir em uma boa ferramenta de automação e gestão de logística reversa, é importante treinar as equipes envolvidas e planejar esses processos para alcançar mais dinamismo.

Processos bem definidos e estruturados são capazes de reverter uma situação negativa com um cliente, transformando-a em uma boa experiência e trazendo até mesmo fidelização e maiores taxas de recompra.

  1. – Empodere o seu cliente – Uma boa política de troca e devolução é imprescindível para o bom relacionamento com o consumidor. É necessário ainda que o cliente saiba que essa política existe e que ele pode confiar nas condições estabelecidas – e essas informações devem ser acessíveis a ele.

Conhecer as condições de troca e devolução e perceber que elas são simples e facilitadas muitas vezes empodera o cliente e o encoraja a realizar uma compra com menos objeções. Ao reduzir burocracias e automatizar processos, é possível também dar mais autonomia ao consumidor. Ele consegue resolver seu problema com ações simples, o que aumenta sua satisfação. – Fonte e outras informações, acesse: (https://www.geniusreturns.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap