Lazer e Cultura 19/04/2016

Estreia

Grupo Arte Simples de Teatro.
  • Save

O Grupo Arte Simples de Teatro estreia o espetáculo itinerante Utopia no dia 16

Tendo ruas, becos, vielas e lajes da comunidade de Heliópolis como palco para a encenação. As personagens foram extraídas de relatos de moradoras do bairro e tem como suporte dramatúrgico a imersão em obras de Ítalo Calvino (As Cidades Invisíveis) e Bertolt Brecht (Mãe Coragem e Ópera dos Três Vinténs). O fio temático que interliga as histórias é a busca pela vida ideal, pelo lugar ideal, uma cidade, um bairro, uma casa. O espetáculo é dirigido por Tatiana Rehder e Tatiana Eivazian, integrantes do grupo formado só por mulheres, com 10 anos de fundação e sete de atuação em Heliópolis. O elenco é formado pelas atrizes Andrea Serrano, Eugenia Cecchini, Isadora Petrin, Marcela Arce e Marília Miyazawa.

Serviço: saída do CEU Heliópolis, Av. Estrada das Lágrimas, 2385, tel. 96848-6554. Sábados e domingos às 16h. Entrada franca. Até 12/06.

REFLEXÃO

CONFORMAÇÃO
Não clames contra a vida, ora, serve e caminha.
Sofrer com paciência é crescer para a luz.
Difícil compreender, sem provas e lições.
Semente não produz sem mudança total.
Cada noite prepara uma alvorada nova.
Aceitação na dor encontra a luz de Deus.

(De “Algo mais”, de Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel)

Em família

Renato Teixeira e Chico Teixeira.
  • Save

Com versões acústicas Renato Teixeira e Chico Teixeira, pai e filho, sobem ao palco em show intimista. Os músicos apresentam novas roupagens para canções como “Tocando em Frente”, “Romaria” e “Cuitelinho”.

Serviço: Caixa Cultural São Paulo, Praça da Sé, 111, Sé, tel. 3321-4400. De quinta (21) a domingo (24) às 19h15. ntrada franca.

Preconceito

Com influências de obras de Oscar Wilde, Gustave Flaubert e Richard Strauss, o espetáculo Salomé reflete sobre o papel da mulher na sociedade. A trama usa ocultismo para falar da protagonista, que realiza um feitiço com o objetivo de ressuscitar João Batista e levanta questões sobre preconceitos e marginalidade. Com, Glamour Garcia, artista transexual.

Serviço: Casa da Luz – Espaço Cultural, R. Mauá, 512, Centro, tel. 3326-7274. De quinta a sábado às 21h e domingos às 19h. Até 22/05.

Musical

O médico e escritor Drauzio Varella e a atriz Regina Braga assinam o roteiro do espetáculo Agora Eu Vou Ficar Bonita, que mostra as alegrias, as dores e as incertezas que surgem com o avanço da idade. Esses sentimentos ganham vida por meio de sambas, textos e poemas. Com, Regina Braga e Celso Sim.

Serviço: Teatro Sérgio Cardoso, R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, tel. 3288-0136. Sextas às 21h30, sábados às 21h e domingos às 18h. Ingressos: de R$ 30 a R$ 50. Até 01/05.

Momento atual

O espetáculo Fando e Lis da Faz Centro de Criação é inspirado no texto homônimo e surrealista do espanhol Fernando Arrabal. Mostra dois seres sem gênero que vagam sozinhos em um mundo que já acabou. O cenário pós-apocalíptico discute o momento atual no qual os conceitos de delicadeza e gentileza estão deteriorados -e o ambiente virtual forma criaturas solitárias. Com, Gisa Guttervil, Leona Jhovs, Gui Alves e Billy Eustáquio.

Serviço: Espaço Parlapatões,Praça Franklin Roosevelt, 158, Centro, tel. 3258-4449. Quartas às 21h. Ingresso: R$ 40. Até 25/05.

Dança

“Montestoria”
  • Save

O Núcleo OMSTRAB, fundado pelo bailarino e coreógrafo Fernando Lee, comemora seus 20 anos de existência com a remontagem do espetáculo de dança “Montestória”. O espetáculo é inspirada no universo literário criado pelo escritor Monteiro Lobato. Com trilha sonora executada ao vivo, a peça confronta as imagens do realismo fantástico no meio rural, presentes na obra do autor, com aquelas produzidas pela realidade urbana brasileira. Com, Alex Martins, Diogo Carvalho, Fernando Lee, Pedro Peu, Rossana Boccia, Thais Diniz, Vagner Cruz e Thiago Duar.

Serviço: Galeria Olido, Av. São João, 473, Centro, tel. 3331-8399. De quinta (21) a sábado (23) às 20h e domingo (24) às 19h. Entrada franca.

Musical

A comédia Los Lobos Bobos é formada por esquetes que retratam o cotidiano da cidade de São Paulo e por canções de Adoniran Barbosa. As musicas do poeta, que é a cara da cidade, ganharam uma releitura assinada por Pedro Paulo Bogossian, que transformou “Saudosa Maloca” em rock e “Santa Ifigênia” em funk, além de várias outras surpresas. O espetáculo é estrelado por Guilherme Uzeda, que integrou o elenco do Terça Insana, Marcelo Augusto, da Turma do Didi e Ricardo Arantes que cantava na Banda do Domingão do Faustão. Os três atores interpretam 25 personagens, entre homens e mulheres, num total de 11 cenas que podem acontecer tanto no palco como na plateia.

Serviço: Teatro União Cultural, R. Mario Amaral, 209, Paraíso, tel. 2148-2904. Quintas às 21h. Ingresso: R$ 40. Até 09/06.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link