143 views 8 mins

Lazer e Cultura 12/02/2016

em Lazer e Cultura
quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Forró

Banda Coisa de Zé

A banda Coisa de Zé resgata a originalidade da música nordestina e nortista com foco especial no forró pé de serra

Formada por Dudu Lima (zabumba), Diego Germano (triângulo e voz), André Moita (sanfona) e Abner Brasil (percussão) apresenta repertório com ritmos como xote, baião, forró, xaxado, arrastapé, maracatu, carimbó e samba. É forte a influência de músicos brasileiros como Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Jackson do Pandeiro.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Sábado (13) às 20h. Entrada franca.

REFLEXÃO

Ante os Desafios

Por onde passe, auxilia o Bem para que o Bem possa te auxiliar. Ante as situações sombrias, sê a luz. Perante o conflito, sê a concórdia. Perante a ignorância, sê o ensinamento através do exemplo. Perante a dor, sê o alívio. Perante o erro, tenta ajudar antes de reprovar. Mantém-te fiel ao Bem e à verdade a fim de que, mesmo imperfeito, consiga colaborar na edificação da paz. Se não conseguires, por enquanto, oferecer de ti qualquer fator que amplie o progresso, favorece o Bem evitando o mal. Jamais ofendas. Nunca agrida nem faça sofrer os corações alheios. Age em silêncio, levando o amor sem alarde, e o amor te preencherá as horas, cobrindo-te de bênçãos. Na vida, somos todos eternos aprendizes, cumprindo-nos seguir a Jesus, o Mestre, que nos descerrou as portas da vida imortal pelo amor e pela verdade. Livro A Mensagem do Dia – de Scheilla por Clayton Levy.

Show

Cantora e atriz Simone Mazzer sobe ao palco com o show “Férias em Vídeotape” . Férias em Vídeotape é o nome do seu primeiro álbum lançado em 2015. No palco, Mazzer mescla as 12 faixas do disco a outras releituras em plena sintonia com a proposta do disco, no qual une autores de sua geração (Luciano Salvador Bahia, Bernardo Pellegrini, Maurício Arruda Mendonça, entre outros) a nomes consagrados da música brasileira. No roteiro as inéditas Tango do Mal e Dei um Beijo na Boca do Medo se unem às consagradas Camisa Listada (Assis Valente) e Hyper-ballad (Björk/Nellee Hooper/Marius de Vries), todas gravadas por ela. No quesito homenagens, saúda Angela Ro Ro (Balada da Arrasada), Gilberto Gil (O Amor Daqui de Casa) e Caetano Veloso (Vaca Profana). Com Simone Mazzer (voz), Marco Antonio Scolari (piano), Ricco Viana (guitarra), André Bedurê (contrabaixo) e Eduardo Rorato (bateria).

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Terça (23) às 21h. Ingressos: R$ 60 e R$ 40.

Limites

Com números de mágica e contorcionismo, o espetáculo O Buraco conta a história de “Uma palhaça acrobata”. Vinda de uma tradicional família circense ela se vê no desafio de atravessar um buraco infinito andando em uma corda bamba. Toda sua família tentou e se deu mal. Sob o prisma da comicidade, Fiorella brinca com os conflitos de um palhaço que vive sua situação limite.Com, Cia Suno.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Sábado (20) e domingo (21) às 17h. Entrada franca.

Morte

Nascido em 2013 em Piemonte, Itália, o Biloura Intercultural Theatre Collective é um coletivo artístico que atua de modo intercultural e multidisciplinar nas artes performativas. O grupo, composto por cinco artistas ligados às artes cênicas, dança, música,filosofia e estudos culturais, realiza de 15 a 20 de fevereiro a Ocupação Intercultural Biloura. Do dialeto italiano da região de Rueglio, Biloura quer dizer agora, neste exato momento. A palavra também aparece popularmente nos estados brasileiros da Paraíba e Rio Grande do Norte com o significado de loucura ou acesso de loucura, vertigem e síncope. Formado por Angela Rottensteiner (Áustria), Eduardo Colombo (Brasil), Silvia Ribero (Itália), Tiago Viudes (Brasil) e Victor Kanashiro (Brasil), o coletivo realiza durante a ocupação duas performances, Nomes (dia 18) e Spiro (dias 19 e 20). Com o projeto o coletivo deseja refletir sobre a morte com graça, ironia, poesia, mas também com leveza e com todas as cores que possam ser úteis para liberá-la da esfera obscura de um tabu social. Assim, ao falar de morte, o Biloura procura refletir sobre a vida, a forma como as pessoas passam seus dias, o valor que elas dão e as escolhas que fazem a cada momento, além de questionar a efemeridade da existência da humanidade.

Serviço: Oficina Cultural Oswald de Andrade, R. Três Rios, 363, Bom Retiro, tel. 3222-2662. Quinta (18) às 19h. Sexta (19) e sábado (20) às 20h. Entrada franca.

Novidade

Chico César

O cantor Chico César apresenta o show “Estado de Poesia”. Seu novo trabalho vem sendo muito elogiado pela crítica especializada, com uma viagem por sons de seu estado de origem, dos locais nos quais já tocou e da cidade de São Paulo, onde reside atualmente. No show, o músico se apresenta ao lado de Hélio Medeiros (bateria), Gledson Meira (teclado), Xisto Medeiros (baixo) e Simone Sou (percussão).

Serviço: Sesc Bom Retiro, Al. Nothman n, 185, Campos Elíseos. Sábado (13) às 19h e domingo (14) ás 18h. Ingressos: De R$ 9 a R$ 30.

Circo

Velhos números circenses começam a voltar à praça. É o caso da percha, um mastro é sustentado por uma pessoa enquanto a outra sobe até seu topo e ali apresenta sua destreza. A Cia. Circo do Asfalto recupera essa técnica e, com muito humor, dá nova vida ao circo. Para realizá-la, os artistas Douglas Marinho e Fran Marinho criaram os divertidos personagens Palhaça Francisquinha e Malabarista Diou. Com Cia Circo do Asfalto.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Sábado (13) e domingo (14) às 17h. Entrada franca.