Lazer e Cultura 11/02/2016

Elba

Elba Ramalho.
  • Save

“Do meu olhar pra fora”, mais recente álbum de Elba Ramalho, manifesta a visão livre da cantora paraibana nos caminhos da música

No disco, o 33º de sua carreira, e no show, Elba exterioriza seu humanismo positivista por meio do som pop contemporâneo formatado pelos produtores Yuri Queiroga e Luã Mattar, seu filho. O trabalho é uma sucessão de obras de colaboradores de peso, caros para trajetória e as origens musicais da artista, como “É o que me interessa” (Lenine e Dudu Falcão), “Só pra lembrar” (Dani Black e Zélia Duncan), “Patchuli” (Chico César), “Contrato de separação”, “Olhando o coração” e “Nos ares de Lisboa – Passarinho enganador” (Dominguinhos).

Serviço: Teatro Paulo Autran (Sesc Pinheiros), R. Pais Leme, 129, Pinheiros. Sábado (20) ás 21h e domingo (21) às 18h. Ingressos: De R4 15 a R$ 50.

REFLEXÃO

AO LEVANTAR-SE. Agradeça a Deus a bênção da vida, pela manhã. Se você não tem o hábito de orar, formule pensamentos de serenidade e otimismo, por alguns momentos, antes de retomar as próprias atividades. Levante-se com calma. Se de acordar alguém, use bondade e gentileza, reconhecendo que gritaria ou brincadeiras de mau gosto não auxiliam em tempo algum. Guarde para com tudo e para com todos a disposição de cooperar para o bem. Antes de sair para a execução de suas tarefas, lembre-se de que é preciso abençoar a vida para que a vida nos abençoe. Livro Sinal Verde – F.C. Xavier.

Comemoração

Camisa de Vênus, 35 anos.
  • Save

Formada em Salvador em 1980, a banda Camisa de Vênus encontra-se em atividade até hoje. Fez grande sucesso no cenário brasileiro da época. O show, que apresenta sucessos como Bete Morreu, Eu Não Matei Joana D’Arc, Simca Chambord, Deus Me Dê Grana e Só o Fim, comemora 35 anos da banda, contando com músicos que acompanham Marcelo Nova em sua carreira solo, como banda de apoio (Drake Nova, filho de Marcelo, na guitarra; Leandro Dalle na outra guitarra; e Célio Glouster na bateria), além de Robério Santana, integrante da formação original.

Serviço: Sesc Pompeia, R. Clélia, 93, Barra Funda. Sexta (26) e sábado (27) às 21h30. Ingressos: de R$ 12 a R$ 40.

Reestreia

A versão brasileira para a comédia musical dos americanos Greg Kotis e Mark Hollmann, Urinal, O Musical dirigida por Zé Henrique de Paula e com direção musical de Fernanda Maia reestreia dia 17. Em Urinal, O Musical uma seca de vinte anos (época conhecida como os Anos Fedidos) causou uma terrível falta de água, fazendo com que banheiros particulares deixassem de existir. Toda a atividade sanitária da população é realizada em banheiros públicos controlados por uma megacorporação chamada Companhia da Boa Urina, comandada pelo ardiloso Patrãozinho. Para controlar o consumo de água, as pessoas devem pagar para usar essas dependências. Há leis severas garantindo que o povo pague para fazer xixi, e se elas forem quebradas, o culpado é enviado para uma suposta colônia penal chamada “Urinal”, de onde os criminosos jamais retornam. Tudo caminha bem, até que o jovem Bonitão, incitado pela bela e radiante Luz, aprende a ouvir seu coração e inicia uma revolta popular que pode mudar o destino de todos. A peça se inicia com uma saudação de boas vindas do Policial, o narrador, assistido pela jovem de rua Garotinha. Com Adriana Alencar, Arthur Berges, Bia Bologna, Bruna Guerin, Caio Salay, Fabio Redkowicz, Gerson Steves, Jonathan Faria, Luciana Ramanzini, Marcella Piccin, Nábia Vilella, Pier Marchi, Roney Facchini, Thiago Carreira,Tony Germano e Zé Henrique de Paula.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Quartas e quintas, às 21h. Ingressos: R$ 80 e R$ 50. Até 21/4.

Lançamento

Ana Cañas
  • Save

Ana Cañas apresenta show do disco Tô Na Vida. Com mais dez anos de carreira, esse é o quarto disco da cantora e compositora, uma das mais festejadas da nova geração brasileira. O álbum contou com produçao de Lúcio Maia, da Nação Zumbi, e apresenta treze canções frutos de parcerias com nomes como Dadi e Pedro Luis. A artista interpreta músicas como Tô Na Vida, Madrugada Quer Você e Um Dois Um Só (parcerias com Arnaldo Antunes), O Som do Osso (escrita com Pedro Luis) e Hoje Nunca Mais (composta com Dadi).

Centro Cultural São Paulo, R Vergueiro, 1000, Liberdade, tel. 3383-3400. Domingo (14) às 18h. Ingresso: R$ 20.

Prova de amor

O espetáculo “Estroboscópio”, com direção de Deivid Porto, retrata o relacionamento entre um jovem escritor e uma bailarina, que abandonou a dança para viver ao lado dele. Esta é a maior prova de amor que alguém poderia oferecer. Em certo momento, o passado e o presente do casal começam a se confundir, o que provoca um questionamento da realidade, dos valores, dos sentimentos e da própria racionalidade. O instrumento que dá nome à peça determina a velocidade do movimento cíclico de um sistema de rotação ou vibração que parece ter sido interrompido ou retardado. Além de Porto, o elenco conta com a participação de Ana Moretto e Ariane Botelho.

Serviço: TOP Teatro, R. Rui Barbosa, 201, Bela Vista. Quartas e quintas, às 21h. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia). Até 31/03.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap