Lazer e Cultura 07/10/2016

Titãs

Divulgação
  • Save

Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto, agora acompanhados por Beto Lee, filho de Rita Lee, na guitarra, dando mais consistência sonora à banda e Mario Fabre na bateria, prometem agitar o público com muito rock´n roll

Além de sucessos que consagraram os Titãs em 34 anos de carreira e de músicas de discos icônicos como “Cabeça Dinossauro“, a banda resgata canções que não tocava há tempos, como “ Será Que é Isso Que Eu Necessito? “ e “ Nem Sempre se Pode Ser Deus“. No repertório, músicas do mais recente e elogiado CD – Nheengatu também serão apresentadas em novas versões e claro, não poderia faltar a interpretação da banda para “Pro Dia Nascer Feliz“, clássico do Barão Vermelho.

Serviço: Teatro J. Safra, R. Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042. Sexta (14) e sábado (15) às 21h30; domingo (16) às 20h. Ingressos: de R$ 160 e R$ 200.

REFLEXÃO

PERANTE O SEXO. Nunca escarneça do sexo, porque o sexo é manancial de criação divina, que não pode se responsabilizar pelos abusos daqueles que o deslustram. Psicologicamente, cada pessoa conserva, em matéria de sexo, problemática diferente. Em qualquer área do sexo, reflita antes de se comprometer, de vez que a palavra empenhada gera vínculos no espírito. Não tente padronizar as necessidades afetivas dos outros por suas necessidades afetivas, porquanto embora o amor seja luz uniforme e sublime em todos, o entendimento e posição do amor se graduam de mil modos na senda evolutiva. Use a consciência, sempre que se decidir ao emprego de suas faculdades genésicas, imunizando-se contra os males da culpa. Em toda comunicação afetiva, recorde a regra áurea: “não faça ao outro o que não deseja que o outro lhe faça”. O trabalho digno que lhe assegure a própria subsistência é sólida garantia contra a prostituição. Não arme ciladas para ninguém, notadamente nos caminhos do afeto, porque você se precipitará dentro delas. Não queira a sua felicidade ao preço do alheio infortúnio, porque todo desequilíbrio da afeição desvairada será corrigido, à custa da afeição torturada, através da reencarnação. Se alguém errou na experiência sexual, consulte o próprio íntimo e verifique se você não teria incorrido no mesmo erro se tivesse oportunidade. Não julgue os supostos desajustamentos ou as falhas reconhecidas do sexo e sim respeite as manifestações sexuais do próximo, tanto quanto você pede respeito para aquelas que lhe caracterizam a existência, considerando que a comunhão sexual é sempre assunto íntimo entre duas pessoas, e, vendo dias pessoas unidas, você nunca pode afirmar com certeza o que fazem; e, se a denúncia quanto à vida sexual de alguém é formulada por parceiro ou parceira desse alguém, é possível que o denunciante seja mais culpado quanto aos erros havidos, de vez que, para saber tanto acerca da pessoa apontada ao escárnio público, terá compartilhado das mesmas experiências. Em todos os desafios e problemas do sexo, cultive a misericórdia para com os outros, recordando que, nos domínios do apoio pela compreensão, se hoje é seu dia de dar, é possível que amanhã seja o seu dia de receber. Livro Sinal Verde – F.C. Xavier.

Lançamento

Silvia Sant’Anna.
  • Save

A cantora e compositora paulista Silvia Sant’Anna lança “Ninho”, seu primeiro álbum solo autoral, e faz show com participação especial do cantor e compositor carioca Leo Middea, que está em turnê de lançamento de seu segundo álbum, A Dança do Mundo. Seu primeiro EP “Ninho”, gravado e produzido por Gabriel Whitaker Agnelli, mostra estas diversas influências a cada track, não apenas marcadas nos ritmos mas como nas letras, já que as composições variam entre português e inglês.

Serviço: Teatro de Bolso do Iv Mundo, Praça Jesuíno Bandeira, 124, Vila Romana. Sábado às 21h. Ingresso: R$20 (couvert artístico).

Riscos

No drama “Abismo”, sentimento incondicional de pai para filho, de homem para mulher. Perda. No vazio dos sufocados, lembrança, culpa e solidão. Só paramos para pensar o que estamos fazendo com nossas vidas quando nos deparamos com uma situação de risco. E é assim que pai e filho, soterrados por um deslizamento de terra, encontram no derradeiro momento a oportunidade de questionar a relação entre eles, a vida e suas principais dificuldades: o comodismo, o medo, o fracasso, os erros do passado e, talvez, a maior delas: sobreviver. Com Chris Fabrício, Beto Paixão, Breno Furini e Tiago Melo.

Serviço: VIGA Espaço Cênico, R. Capote Valente, 1323, Pinheiros, tel. 3801-1843. Sextas, às 21h. Ingresso: R$ 30. Até 16/12.

Pegadas de Cazuza

Divulgação
  • Save

Tico Santa Cruz apresenta o show que fará turnê a partir do final do ano com canções ácidas, proféticas e transgressoras de Cazuza. No repertório, clássicos como Faz parte do meu show, Exagerado, Cobaias de Deus e Burguesia. O espetáculo viaja pelas fases críticas e afetuosas de um artista que viveu e escreveu sua história no Rock e na Música Popular do Brasil. Segundo Tico, as apresentações celebrarão o inesquecível e provocativo universo do poeta marginal, buscando sua atmosfera em interpretações de quem se identifica e entende as angústias, os medos e as aventuras que foram deixadas pelas pegadas de Cazuza.

Serviço: Theatro NET São Paulo (Shopping Vila Olímpia), R. Olimpíadas, 360, Itaim Bibi, tel. 3448-5061. Terça (11) às 21h. Ingressos: de R$ 80 a R$ 100.

Espiritual

A peça “Estação do Adeus” conta a estória de vida de uma mulher e sua passagem do plano físico para o espiritual. Sua vida é marcada por um triângulo amoroso, onde a pessoa rejeitada comete suicídio. No decorrer da trama, são encenados momentos de um velório onde as pessoas se preocupam em socializar, fazem negociações, comem e outras frivolidades, totalmente desfocadas do objeto central: dar apoio ao desencarnado e sua família. Ocorre durante a peça personagens que estão neste plano espiritual e são assediados por espíritos desencarnados, ora como obsessão, ora como amparo. Ao final da história a protagonista recebe a oportunidade da espiritualidade superior de resgatar os débitos com seu desafeto, através da reencarnação. As cortinas se fecham deixando o espectador refletindo sobre a continuidade da vida e sua responsabilidade para com suas ações.

Serviço: Teatro Raposo Shopping, Rodovia Raposo Tavares, km 14,5, Jd. Boa Vista, tel. 3034-2172. Terças e quartas às 21h. Ingresso: R$ 70. Até 26/10.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap