Geral 10/10/2015

Brasil registrou 160 mortes violentas por dia em 2014

Homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte somaram 58.559 casos em 2014.
  • Save

Em 2014, o Brasil registrou 160 mortes violentas intencionais por dia. Segundo levantamento divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os homicídios dolosos, latrocínios e as lesões corporais seguidas de morte somaram 58.559 casos no ano passado

O número é 4,8% maior do que as 55.878 vítimas registradas em 2013. Com o aumento, a taxa de mortes violentas no país passou de 27,8 por 100 mil habitantes para 28,9 para cada grupo de 100 mil pessoas em 2014.
A maior parte dessas mortes foi enquadrada como homicídio doloso. Foram 53.305 casos no ano passado, com crescimento de 4,26% em relação aos 50.167 crimes do mesmo tipo praticados em 2013. Em seguida, a ação policial aparece como segunda maior causa de óbitos violentos. Em 2014, foram mortas por policiais oito pessoas por dia, em um total de 3.022 casos. O número é 37,2% superior às 2.203 mortes causadas pelas forças de segurança em 2013.
Os roubos seguidos de morte vitimaram 2.061 pessoas em 2014. Em 2013, foram registrados 1.928 latrocínios em todo o país, além de 1.172 lesões corporais seguidas de morte. O número de ocorrências desse último crime caiu para 773 casos em 2014. As mortes de policiais também caíram, de 408 casos, em 2013, para 398, no ano passado.
Alagoas teve a maior taxa de mortes intencionais por 100 mil habitantes, foram 66,5 em 2014. Entretanto, o número representa queda de 3,5% em relação à 2013. Em números absolutos, foram 2.208 casos registrados em 2014, contra 2.273 no ano anterior. A Bahia registrou o maior número absoluto de mortes violentas, com 6.265 vítimas em 2014. Em 2013, o estado teve 6.026 óbitos intencionais. De um ano para outro, a taxa subiu de 40,1 por 100 mil habitantes para 41,4 casos para cada 100 mil pessoas.
O Rio de Janeiro foi o segundo estado em número absoluto de mortes intencionais – 5.714 em 2014 e 5.348 em 2013. A taxa por 100 mil habitantes subiu 6,3%, de 32,7, em 2013, para 34,7, no ano passado.
Apesar de ser o terceiro estado com o maior número absoluto de vítimas – 5.612 em 2014 – São Paulo tem a menor taxa de mortalidade violenta intencional por 100 mil habitantes, 12,7. As forças de segurança paulistas foram as que mais causaram mortes em 2014 – 965 casos, com alta de 57,1% em relação às 614 mortes do ano anterior (ABr).

Vereadores aprovam ônibus gratuito para desempregados

A Câmara aprovou a criação do Bilhete Especial do Desempregado.
  • Save

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou a criação do Bilhete Especial do Desempregado, que garante acesso gratuito ao transporte público da capital paulista para desempregados, pelo período de três meses. O projeto ainda precisa ser submetida à apreciação do prefeito Fernando Haddad. Atualmente, o benefício já é concedido para embarques em trens do Metrô e da CPTM e a ideia é ampliar o benefício para ônibus.
“Basicamente, a ideia é equalizar todos os transportes públicos que atuam em São Paulo, que já tem esse benefício e possa ampliar. Hoje, o sujeito que tem que pegar mais de uma modalidade de transporte, em algumas ele paga e em outras não”, explicou o vereador Mário Covas Neto (PSDB), autor do projeto, juntamente com Toninho Vespoli (PSOL).
Pelo projeto, os interessados têm de comprovar que foram demitidos sem justa causa há, no mínimo, um mês e, no máximo, seis meses, tendo trabalhado no último emprego por um período mínimo de seis meses contínuos. O cartão terá validade por 90 dias e não é renovável.
As solicitações no Metrô devem ser feitas na estação Marechal Deodoro. São exigidos RG, Carteira de Trabalho e Termo de Rescisão Contratual. Já para o acesso à CPTM, os interessados devem se dirigir à Estação Palmeiras da Barra Funda com a mesma documentação.
Segundo o Metrô, existem em circulação cerca de 12 mil bilhetes especiais e a média de emissão mensal é 4,2 mil. Na CPTM, são cerca de 9 mil bilhetes ativos e a média é 2,9 mil emitidos por mês (ABr).

Madonna gostaria de tomar chá com o Papa

Em sua turnê, em setembro, ela dedicou a canção “La Vie em Rose” ao Pontífice.
  • Save

A cantora norte-americana Madonna disse ter vontade de tomar um chá com o papa Francisco. Em entrevista à “Rolling Stone” dos Estados Unidos, a artista disse achar que o religioso é o tipo de pessoa com quem se pode “fazer piada e dar risada”. “Eu vou declarar o óbvio e dizer que ele [Francisco] parece ser um indivíduo muito mais mente aberta [que os Papas anteriores], alguém que parece estar se distanciando dos dogmas que a Igreja Católica impôs desde a época de Constantino”, apontou.
Questionada se acha que o religioso gostaria de ir em uma apresentação sua, ela respondeu afirmativamente. “A mensagem do meu show é sobre o amor e essa é sua mensagem também”. A data do show da cantora na cidade norte-americana de Filadélfia, em meio a turnê “Rebel Heart”, quase coincidiu com a visita de Francisco, em setembro. Na ocasião, ele dedicou a canção “La Vie em Rose” ao Pontífice. Seu novo álbum, “Rebel Heart”, inclui músicas como “Devil’s Pray” e “Holy Water”, que fazem referência à Igreja Católica (ANSA).

Regularização da dívida de empregado doméstico

A Receita Federal divulgou balanço da adesão ao Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregados Domésticos. O prazo para participar do programa terminou em 30 de setembro. Segundo a Receita, 11.165 empregadores optaram por parcelar débitos e 2.355 pelo pagamento à vista. No total, portanto, os empregadores que mostraram interesse em regularizar as dívidas foram 13.520.
O Programa permite aos patrões pagarem com desconto, ou parcelarem em até 120 prestações, sem abatimento, as dívidas de empregados domésticos com o INSS. Os empregadores domésticos que optaram pela modalidade à vista e pagaram até 30 de setembro, mas ainda não apresentaram a documentação exigida, poderão fazê-lo até o fim deste mês na unidade da Receita de sua região. No caso do pagamento parcelado, as prestações serão emitidas pelo site da Receita até a operação ser consolidada (ABr).

Cerca de 2 milhões de pessoas devem participar do Círio de Nazaré

A romaria que homenageia Nossa Senhora de Nazaré é a maior procissão católica do país.
  • Save

Considerada a maior manifestação católica do país e uma das mais simbólicas do mundo, o Círio de Nazaré ocorre na cidade de Belém neste segundo domingo do mês de outubro. Todos os anos, cerca de 2 milhões de romeiros seguem a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, em uma caminhada de fé pelas ruas da capital do estado do Pará.
A tradição teve início em Portugal, onde, por muito tempo, a imagem original da santa, esculpida por São José, teria ficado escondida. Essa imagem teria saído da cidade de Nazaré, em Israel, no ano 361. De acordo com Regina Alves, professora da Universidade Federal do Pará e pesquisadora do Círio de Nazaré, os jesuítas e portugueses trouxeram para o Brasil uma forte influência de devoção à Nossa Senhora.
A professora conta que, segundo o mito fundador do Círio, em 1700, um homem chamado Plácido de Sousa encontrou uma imagem da virgem às margens do igarapé Murutucu, perto de onde hoje fica a Basílica de Nazaré. “A lenda diz que Plácido levou aquela imagem para casa e ela desapareceu de noite. No dia seguinte foi encontrada no mesmo igarapé de onde havia sido retirada no dia anterior. Essas fugas se repetiram várias vezes, até que Plácido entendeu que a santa queria ficar naquele lugar onde tinha sido encontrada. Ela ganhou ali um local de culto, onde hoje fica a Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré” (ABr).

Imigração cubana dispara após retomada de relações com EUA

O número de cubanos que imigraram para os Estados Unidos subiu mais de 75% desde o final do ano passado, coincidindo com o período em que a duas nações deram início ao processo de retomada de relações, apontou sondagem.
O Centro Pew de Pesquisa informou, citando dados dos Serviços Alfandegários e de Proteção de Fronteiras norte-americanos, que entre outubro de 2014 e junho de 2015, entraram 27.296 cubanos nos Estados Unidos. A cifra representa um aumento de 78% se comparado ao mesmo período do ano anterior, quando 15.341 cubanos entraram no país.
A maior migração aconteceu entre janeiro e março, após o anúncio de restabelecimento das relações entre Havana e Washington, quando 9.371 cubanos deixaram a ilha. Calcula-se que atualmente cerca de 2 milhões de pessoas de origens cubanas vivam nos Estados Unidos, especialmente na região de Miami, Flórida (ANSA).

Cunha só despacha impeachment na terça-feira

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha disse que só dará novo despacho aos pedidos de impeachment que tramitam na Casa na próxima terça-feira (13). Na quarta-feira (7), Cunha arquivou mais um pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. O pedido havia sido apresentado pelo deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).
Cunha informou que mais dois pedidos chegaram à Mesa da Câmara na quarta-feira, antes da sessão do Tribunal de Contas da União (TCU) que recomendou a rejeição das contas de 2014 do governo federal. “Teve dois novos pedidos que entraram antes da decisão do TCU. Talvez só na terça eu despache os pedidos que já estão na Mesa.”
Ele explicou que rejeitou a solicitação de Bolsonaro porque não atendia aos requisitos técnicos exigidos por lei para abertura de processo. Com essa decisão, já são três os pedidos rejeitados desde a semana passada. Ainda restam sete pedidos para análise. “Cada hora que você despacha um, aparece outro. Isso é fila de táxi, sai um, entra outro”, brincou o deputado (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap