Geral 10/01/2017

Inpe divulga dados de mortes por raios dos últimos 15 anos

O maior número de óbitos por descargas elétricas acontecem durante o verão.
  • Save

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) analisou dados relativos às 1.792 mortes por raios constatadas durante os últimos 15 anos, entre 2000 e 2014

O estudo apontou as circunstâncias em que ocorre o maior número de óbitos por descargas elétricas: 43% das mortes acontecem durante o verão e a probabilidade de um homem morrer por raio é 4,5 vezes maior que a de uma mulher. Além disso, a cada três mortes, duas ocorrem ao ar livre.
A prática de atividades agropecuárias continua liderando as circunstâncias com maior número de vítimas. As mortes no campo representam 25% do total de óbitos por raio em todo o país, variando de um mínimo de 12% na região Norte a 25% na região Sul. As mortes que ocorrem dentro de casa estão em segundo lugar e representam 17%, variando de um mínimo de 7% no Sudeste e Centro-Oeste a 21% no Nordeste.
A maioria das mortes acontece na região Sudeste (28%) e as outras quatro regiões estão empatadas com 18% cada. São Paulo é o estado com maior número de vítimas, seguido por Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pará, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás. Em 2015 morreram 104 pessoas. Em 2016, as projeções preliminares indicam que o número de mortes deve ficar abaixo de 70 casos. Se confirmado, será o menor valor anual registrado desde o início do levantamento, em 2000. A média anual no período foi de 111 mortes (Agência Fapesp).

Papa diz que pobreza e miséria espiritual causam terrorismo

Para o papa, o”terrorismo fundamentalista é fruto de uma grave miséria espiritual.
  • Save

O papa Francisco afirmou ontem (9) que o terrorismo é causado por uma “miséria espiritual” e pela “pobreza social”. Em mais um apelo contra a violência por motivação religiosa, o líder da Igreja Católica discursou para o corpo diplomático do Vaticano e disse que o “terrorismo fundamentalista é fruto de uma grave miséria espiritual e de uma notável pobreza social”. “Faço um apelo a todas as autoridades religiosas para rejeitarem com força qualquer ato de assassinato em nome de Deus”.
Segundo ele, o terrorismo poderá ser combatido somente com a contribuição “dos líderes sociais e políticos”, os quais podem garantir a liberdade religiosa e promover ações que “evitem um terreno fértil para o fundamentalismo”, como medidas de combate à pobreza. No mesmo discurso, o Papa comentou a crise imigratória que atinge a Europa e agradeceu países como Itália, Alemanha, Grécia e Suécia por medidas de acolhimento de refugiados, entre os quais, frequentemente, há denúncias de infiltração de terroristas.
“Uma abordagem cautelosa por parte das autoridades públicas não significa uma política de isolamento”, disse Francisco. “Não se pode reduzir esta dramática crise atual a um simples número”, afirmou, referindo-se aos milhares de imigrantes do norte da África e do Oriente Médio que fogem de seus país devido às guerras e ao terrorismo. “Na Europa, onde não faltam tensões, a disponibilidade ao diálogo é o único caminho para garantir a segurança e o desenvolvimento do continente”, comentou o Papa, admitindo que vê com “preocupação” o futuro do continente (ANSA).

Medicamento para tratamento da Doença de Crohn

O Ministério da Saúde acaba de incorporar o medicamento Certolizumabe Pegol para tratamento da Doença de Crohn, no nível moderado a grave, por meio do SUS. A decisão atualiza o Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas dessa enfermidade, modernizando os tratamentos médicos com as devidas orientações em relação aos critérios, melhores formas de atuação e dosagem do remédio para cada caso.
A Doença de Crohn é uma doença inflamatória que pode afetar qualquer parte do tubo digestivo, desde a boca até o ânus, e tem origem ainda não conhecida. Pacientes com o estágio moderado a grave usualmente estão com a saúde bastante comprometida e apresentam um ou mais dos seguintes sintomas: febre, perda de peso, dor abdominal acentuada, anemia e diarreia frequente. Com esse novo medicamento, a expectativa é amenizar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do portador da doença (Ag.Saúde).

Há 10 anos, Steve Jobs apresentava o iPhone ao mundo

Steve Jobs apresenta o Iphone em evento da Apple.
  • Save

Telefone, leitor de música, dispositivo para acessar a internet, videogame, agenda e câmera fotográfica. Foi juntando todas essas funções em um só objeto que Steve Jobs, um dos empresários mais influentes do mundo, deu “à luz” o precursor de todos os smartphones: o iPhone.
A apresentação que mudou os rumos dos celulares aconteceu no dia 9 de janeiro de 2007, em São Francisco, quando a Apple lançou um aparelho sem teclado de botões, substituído pelo hoje comum iTouch. O primeiro modelo do iPhone se chamava “2G”, ou “Edge”, e tinha um display pequeno comparado aos atuais. Mas, na época, era considerado tecnologia “de ponta”. O dispositivo chegou ao mercado norte-americano em 29 de junho de 2007 e, somente no primeiro dia, 525 mil unidades foram vendidas.
No fim do mesmo ano, o “queridinho” de Jobs estreou no Reino Unido, na França, na Itália e, a partir daí, no mundo todo. Já se passaram 10 anos da estreia do produto mais rentável da história da Apple, e ele continua sendo o responsável por dois terços de sua receita anual. E apesar de muitas críticas, o iPhone e seu design minimalista, com um software exclusivo, não só sobreviveram aos anos, como continuam sendo febre global (ANSA).

Maduro aumenta salário mínimo em 50% na Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou um aumento de 50% no salário mínimo, que sobe para 40.638 bolívares (US$ 60, na taxa oficial mais alta, e US$ 12, na cotação do mercado negro). “Para começar o ano, decidi pelo aumento. Seria, se levarmos em conta o aumento que dei em janeiro de 2016, o quinto em um ano”, disse Maduro, na primeira transmissão de 2017 de seu programa semanal no canal estatal VTV.
O salário é complementado com um bônus de alimentação de 63.720 bolívares (US$ 93, na taxa oficial). O aumento inclui os aposentados, acrescentou Maduro. Os aumentos sucessivos decretados pelo governo foram devorados pela inflação, estimada em 475% em 2016 , e pela perda de valor do bolívar frente ao dólar. Além do alto custo de vida, os venezuelanos sofrem com a escassez de alimentos e remédios.
Para combater o desabastecimento, Maduro anunciou um plano destinado a criar “um sistema de lojas” que venderão produtos básicos a preços subsidiados, controlado pelos comitês locais de Abastecimento e Produção (Clap), organizações municipais que distribuem comida em áreas populares.
Segundo o presidente, as lojas estarão localizadas nas 45 cidades mais povoadas do país (Ag. France Press).

Cristiano é eleito o melhor

O português Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa ontem (9) e recebeu o inédito “The Best”. Os outros três que havia recebido da entidade máxima do futebol eram em parceria com a revista “France Football”. A “Bola de Ouro”, de qualquer maneira, foi para as mãos do português no mês de dezembro.
“Estou muito feliz. Quero agradecer em primeiro lugar meus companheiros, do Real Madrid e de Portugal. A minha família e todo o meu staff que está sempre presente nos bons e maus momentos. O ano de 2016 foi o melhor ano da minha carreira”, disse o jogador do Real Madrid.
O atacante ainda alfinetou seu maior rival, Lionel Messi, que não compareceu – assim como todos os jogadores do Barcelona – à premiação. “Os prêmios falam por si mesmo. Gostaria que Messi estivesse aqui hoje, mas hoje não está aqui”, acrescentou. Para vencer, CR7 derrotou o próprio Messi e o francês Antoine Griezmann (ANSA).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap