64 views 3 mins

IA proporciona vantagens para pequenas e médias empresas

em Espaço empresarial
sexta-feira, 24 de maio de 2024

Embora muitas vezes o uso das tecnologias de ponta seja relacionado às grandes corporações, a Inteligência Artificial (IA) vem ganhando destaque por sua característica democrática, capaz de transformar a maneira como qualquer empresa, independente do seu tamanho ou setor, opera.

De acordo com Mauricio Frizzarin, CEO da QYON Tecnologia, a IA oferece oportunidades significativas para as pequenas e médias empresas (PMEs), começando pela melhoria em relação aos processos internos e por proporcionar a tomada de decisões de maneira mais assertiva, com base em dados.

“Comumente, as empresas, especialmente as PMEs, se valem da IA para automatizar tarefas rotineiras e repetitivas, que podem ser relacionadas ao atendimento aos clientes, processamento de dados de faturamento, atualização de estoques, etc”, afirma o especialista. Um segundo movimento feito tem ligação com a personalização de produtos e serviços.

Isso ocorre, porque a análise de dados acontece de forma mais rápida e simples, o que por sua vez torna viável entender as preferências e necessidades de cada cliente, facilitando, por consequência, a adaptação das ofertas. “Essa abordagem costuma trazer um aumento na satisfação do cliente e o crescimento nas vendas”, conta.

Um terceiro passo é dado em direção às possíveis melhorias na eficiência da operação do negócio, sejam elas ligadas aos processos de produção, ao gerenciamento da cadeia de suprimentos e à logística. A IA pode auxiliar na identificação das áreas ineficientes e sugerir o que deve ser aprimorado.

“Dessa maneira, as companhias economizam tempo e recursos, que podem ser investidos em outras áreas, como inovação, por exemplo”, analisa Frizzarin, ao explicar que, à medida em que a empresa avança no uso da tecnologia e percebe os benefícios proporcionados, também é ampliada a tendência de uso em áreas cada vez mais estratégicas.

Percebe-se que os gestores das empresas passam a buscar soluções que auxiliem, por exemplo, na previsão de tendências de mercado ou do comportamento do consumidor, na prevenção e detecção de fraudes, na análise de sentimentos dos consumidores em relação à marca, etc.

Na visão do executivo, a ampliação do uso da IA, especialmente no caso das PMEs, avança à medida em que empreendedores e gestores enxergam os benefícios e resultados que são alcançados. “Consequentemente, empreendedores e gestores buscam soluções mais arrojadas e estratégicas para o desenvolvimento do negócio. É um ciclo que se retroalimenta e traz benefícios contínuos”, finaliza. – Fonte e mais informações: (www.qyon.com).