Empresário do Vale do Silício dá dicas para empreendedor sair da crise

O empresário brasileiro Fernando Figueiredo, CEO da Valle Innovation, foi o primeiro convidado do programa de Mentoria da Razonet Contabilidade Digital para o empreendedor sair da crise. Neste mês, nove mentores vão dedicar uma hora por semana para ensinar como usar ferramentas de gestão e dar dicas para desenvolver um negócio ou superar uma crise, afinal estamos passando por um dos momentos mais desafiadores globalmente para o mundo dos negócios.

Fernando mora na Califórnia, sua empresa está no Vale do Sílício e ele é atento às rápidas mudanças no mundo corporativo ao mostrar que o capital humano e o cliente são peças-chaves para obter sucesso e lucro. Em rápida explicação sobre a formação daquela região como meca da inovação, que causou disrupção no ambiente dos negócios tradicionais e hoje se reveste de ponte para o mundo digital, Fernando mostrou empresas que começaram pequenas e hoje são gigantes de mercado.

Empresas como a Amazon – criada em 1994 como livraria delivery e hoje é uma multiplataforma que valerá 2 trilhões de dólares em 2023; a Zappos (venda sapatos pela web que conquistou clientes porque permite devolução em até 1 ano) e o clube de assinatura de roupas femininas Stitch Fix.

“Esses são exemplos de empresas que ouviram o cliente, tiveram diálogo aberto com funcionários e sempre perguntam ao cliente como deixá-los mais satisfeito. Esse é o segredo de uma empresa bem-sucedida, que mais que solucionar o problema de alguém, cria mercado e está sempre em inovação para melhor atender às expectativas dos consumidores”, explica Fernando, ao indicar cinco dicas para o empreendedor não entrar na crise:

  1. – Não confunda persistência com teimosia: o que mantém a empresa é o lucro. Quando a empresa não está bem financeiramente, pode ser determinante para parar. Se não comprarem seu produto, é bom parar. Invista em outra ideia.
  2. – Inovar é sempre um processo de dentro para fora, ou seja, precisa da em parceria e envolvimento dos colaboradores.
  3. – Para não ser uma empresa defasada, visite os concorrentes, converse com o time, conheça as tendências de mercado. Hoje a informação é tão fácil, que não tem desculpa.
  4. – O fundamental é ouvir os clientes.
  5. – Não adianta ter ideia, sem muitas ferramentas ou networking. A solução: procure um sócio, conte a ideia e trabalhe suas qualidades. Mas, o empresário recomenda que uma sociedade deve ter aproximadamente 3 sócios.

A Razonet, que elaborou o projeto de mentoria gratuita para o empreendedor sair da crise, manterá um whatsapp para tira-dúvidas no mês de junho. As inscrições estão abertas: (https://razonet.com.br/campanha-empreendedores-na-crise).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap