Sobem os preços na indústria extrativa e de transformação

Os preços dos produtos das indústrias extrativas e de transformação aumentaram 0,64% em outubro na comparação com setembro. É o terceiro mês consecutivo com variação positiva, segundo o Índice de Preços ao Produtor (IPP), do IBGE. O crescimento acumulado no ano é de 3,65%.

No IPP é medida a evolução dos preços de produtos na porta da fábrica, sem impostos e fretes. O levantamento é feito com a indústria extrativa e com 23 setores da indústria de transformação. Os maiores aumentos em outubro ocorreram no refino de petróleo e produtos de álcool, de 4,04%, e na indústria de alimentos, 2,12%. As maiores quedas foram registradas nas indústrias extrativas, de 4,76%, e de papel e celulose, 1,89%.

No acumulado dos últimos 12 meses, a variação de preços foi de 0,37%. As quatro maiores variações nesse período ocorreram em outros produtos químicos, queda de 11,99%; papel e celulose queda de 11,37%; farmacêutica, alta de 11,02%, e outros equipamentos de transporte, alta de 9,08% (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap