Prévia sinaliza acomodação nos índices de confiança

A prévia extraordinária das Sondagens da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE), com dados coletados até o o último dia 13, sinaliza uma acomodação nos índices de confiança em maio de 2020, após forte retração no mês anterior. Em relação ao número final de abril, o Índice de Confiança Empresarial (ICE) subiria 7,7 pontos, para 63,5 pontos. Já o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) subiria 6,5 pontos, para 64,7 pontos.

“Após os níveis de confiança despencarem em abril, a prévia das Sondagens de maio mostra uma acomodação dos indicadores ainda em patamares extremamente baixos, sob o impacto da pandemia de Covid-19 e seus efeitos sobre a economia. Com a deterioração do cenário já em curso, uma parcela dos agentes econômicos calibrou expectativas ao migrar de respostas pessimistas para opções mais neutras. Em outras palavras, pode estar ocorrendo uma adaptação das expectativas ao “novo normal” do período de crise” afirma Viviane Seda Bittencourt, Coordenadora das Sondagens da FGV IBRE (AI/FGV).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap