Pedidos de recuperação judicial recuaram em agosto

Os pedidos de recuperação judicial registraram queda de 7,0% em agosto, de acordo com o Indicador de Falências e Recuperação Judicial da Serasa Experian. No total foram 10 solicitações a menos, quando comparadas com o mesmo período do ano anterior, de 142 para 132. Desde abril, essa é a quinta queda consecutiva do índice em 2020. A análise mensal revela retração de -2,2%.

As grandes empresas tiveram uma diminuição de 25% nos requerimentos de recuperação judicial em agosto, enquanto as médias recuaram 20,8%. Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, os negócios de maior porte estão se recuperando com mais rapidez diante da retomada das atividades comerciais e de serviço, pois possuem maior fôlego de capital de giro. Já as micro e pequenas empresas tiveram leve alta de 1,0% no número de pedidos.

As renegociações entre credores e devedores continuam sendo o principal fator para contribuição da queda do índice. Na análise por segmento é possível observar a baixa das solicitações em todos os setores, exceto no Comércio, que elevou os pedidos de 24 para 31 na comparação ano a ano (AI/SerasaExperian).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap