Empresas da indústria eletroeletrônica acusam queda

Os indicadores de vendas da indústria eletroeletrônica apontados na sondagem de conjuntura realizada em setembro apresentaram piora pelo segundo mês consecutivo, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Segundo o levantamento, vem caindo o percentual de empresas que apontam crescimento nas vendas e encomendas. O indicador, que era de 68% em julho, passou para 51% em agosto e para 46% em setembro.

Paralelamente a esta tendência, vem crescendo o total de empresas que indicam piora nas vendas e encomendas. O percentual, que era de 19% em julho, passou para 27% em agosto e alcançou 31% em setembro. As comparações sempre têm como base o sempre o mesmo mês de 2018. Também foi desfavorável a elevação de 15 pontos percentuais no número de entrevistadas que observaram negócios abaixo do esperado. O indicador passou de 32% na sondagem de agosto para 47% no levantamento de setembro.

A utilização da capacidade instalada ficou estável ao comparar com a pesquisa anterior, atingindo 76%, permanecendo alto o grau de ociosidade do setor. Por outro lado, foi favorável o acréscimo de 12% para 16% no total de empresas que aumentaram seu quadro de funcionários. Entretanto, a maior parte das entrevistadas (70%) continuou indicando estabilidade nas contratações (AI/Abinee).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap