Covid: EUA compram quase todo o estoque de remédio

  • Save
A indústria farmacêutica Gilead Sciences, que tem sede na Califórnia, detém a patente do medicamento. Foto: gazetadopovo.com/reprodução

O governo dos Estados Unidos comprou quase toda a produção do remédio remdesivir, que já se provou eficaz em casos graves de Covid-19, pelos próximos três meses. A gestão de Donald Trump fechou um acordo com a indústria farmacêutica Gilead Sciences, que tem sede na Califórnia e detém a patente do medicamento, para adquirir 500 mil doses. Segundo o governo, isso corresponde a 100% da produção no mês de julho e 90% para agosto e setembro.

O remdesivir foi pensado para combater o vírus ebola, sem sucesso, mas estudos mostraram que ele reduz o tempo de internação em casos graves de Covid-19, a doença do novo coronavírus. As autoridades sanitárias dos EUA e da União Europeia já recomendaram sua utilização na pandemia. No entanto, com o acordo fechado pelo governo americano, os outros países não conseguirão se abastecer com o remdesivir por pelo menos três meses.

“Queremos garantir que todos os americanos que precisarem do remdesivir tenham acesso a ele”, disse o secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, os EUA contabilizam mais de 2,6 milhões de casos do novo coronavírus e quase 130 mil óbitos. Foram 44,8 mil contágios na última terça-feira (30), segundo maior número desde o início da pandemia. O recorde foi registrado em 26 de junho, com 45,3 mil (ANSA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap