Bolsas chinesas têm maior queda em 5 anos

Em meio ao surto do coronavírus 2019-nCoV, os mercados chineses registraram nesta segunda-feira (3) a maior queda desde 2015, com as Bolsas recuando quase 8%. O índice composto da Bolsa de Xangai encerrou com recuo de 7,72%, a 2.746,61 pontos. A Bolsa de Shenzhen, a segunda maior da China, caiu 8,41%, ficando em 1.609,00 pontos.

As Bolsas chinesas estavam fechadas desde 24 de janeiro devido ao Ano Novo Lunar. Hoje foi o primeiro dia de sessão após o recesso. Os mercados estão em pânico com o surto do novo coronavírus e os efeitos que ele pode ter na economia chinesa e mundial. No domingo (2), o Banco Central da China anunciou a injeção de US$ 175 bilhões para estimular a economia e tentar reverter o cenário (ANSA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap