Aumentou a confiança na construção

O Índice de Confiança da Construção (ICST), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 0,6 ponto na passagem de julho para agosto. Essa foi a quarta alta consecutiva do indicador, que atingiu 96,3 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, mesmo patamar de março de 2014. Essa alta foi puxada pelo Índice de Situação Atual (ISA-CST), que mede a confiança no presente e que avançou 2,5 pontos, atingindo 91,9 pontos, maior nível desde dezembro de 2020 (92,4 pontos).

O Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, recuou 1,3 ponto e atingiu 100,9 pontos, após três altas consecutivas. “Vale notar que a percepção predominante voltou a ser de que o cenário atual é melhor que o de antes da pandemia, corroborando as projeções de retomada do setor”, afirma a pesquisadora da FGV Ana Maria Castelo (ABr).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap