233 views 4 mins

Quando o Growth Marketing faz a diferença em eventos

em Destaques
sexta-feira, 22 de setembro de 2023

Rafael Meira (*)

No cenário do entretenimento pós-pandemia, aproveitar as oportunidades e solidificar relacionamentos é um desafio nada habitual às fórmulas triviais que, diante de tantas transformações digitais, requer novas abordagens como proposto no Growth Marketing, abordagem que chega para mudar como entendemos a relação do marketing com os demais departamentos da empresa.

O Growth Marketing (marketing de crescimento) têm possibilitado a execução de estratégias focadas no escalonamento de vendas e receita de forma cíclica e contínua, utilizando recursos de pesquisa e inteligência para oferecer aos clientes serviços adequados às suas necessidades, gerando autoridade para a empresa e tornando-a referência.

Derivado do Growth Hacking (subcampo do marketing focado no rápido crescimento de uma empresa e referido tanto como um processo quanto como um conjunto de habilidades interdisciplinares), o Growth Marketing atua na perspectiva do crescimento ágil por meio da aquisição e retenção de clientes. Seu diferencial está na nutrição do público alvo com conteúdo digital relevante, captação orgânica de leads, além da coleta e análise de informações durante a jornada do cliente para melhoria de abordagens, serviços, produtos, upselling, relacionamento e retenção. Diferente do marketing tradicional que utiliza a comunicação para gerar awareness e incremento de vendas por meio de canais convencionais de mídia, a comunicação nesse caso exerce papel fundamental na definição de tom institucional, pitch de vendas, produtos, políticas comerciais, materiais de apoio e workload do time comercial e personas.

Especificamente no segmento de eventos, que requer conectar pessoas com a experiências que mais lhe atraem e produtores com tecnologias que suportem todas as fases do evento (divulgação, vendas, controle financeiro e controle de acesso), adotar o Growth Marketing passa ser fundamental para atender todas as expectativas. E não se trata apenas de acompanhar as últimas tendências do mercado, mas unir esforços de vendas e marketing para escalar resultados, sem que isso implique no aumento de custos.

Não basta apenas identificar potenciais leads. A captação, a qualificação e o lead handoff também devem ser assertivos, tanto no B2B quanto no B2C. São muitas as ferramentas disponíveis que ajudam na implementação do Growth, como Analytics, Hotjar, Hubspot e softwares de gestão de vendas. Além disso, podem ser realizadas análises de Cohort e pesquisa NPS que apontarão se as estratégias estão sendo efetivas.

O Growth Marketing representa uma abordagem fundamental para impulsionar o sucesso e o crescimento sustentável de ticketeiras. Ao testar e otimizar continuamente suas estratégias de marketing, as empresas podem encontrar oportunidades de crescimento exponencial, alcançando seu máximo potencial, sendo um recurso valioso para qualquer empresa que deseje se destacar e prosperar num cenário altamente competitivo.

(*) É Diretor de Marketing da Bilheteria Digital.