Prova Fácil: responsável pela avaliação de 10% dos alunos do ensino superior

O cenário do armário do professor repleto de provas a serem corrigidas sempre incomodou Adriano Guimarães, que atuava como diretor de operações da Anhanguera Educacional. Foi com o objetivo de mudar o mindset das instituições educacionais que ele assumiu em 2012 a função de CEO da Prova Fácil, principal plataforma de gestão de avaliações desenvolvida no País. O resultado de sua visão empreendedora não tardou a aparecer.

Nos últimos anos, a ferramenta tem gerado 35% de redução nos custos operacionais, 70% de diminuição do tempo gasto com correção de provas e 92% de redução nos pedidos de revisão de prova. De fato, a tecnologia e a inovação estão revolucionando a educação no Brasil e no mundo. O segmento exige cada vez mais avanços e modernização para acompanhar a demanda e, principalmente, as necessidades de aprendizado dos alunos. E é neste mercado promissor que está inserida a Prova Fácil.

Para Guimarães, a tecnologia é um das formas de melhorar a educação, por meio da aplicação e correção de provas e simulados com mais eficiência e qualidade. “As provas representam pontos críticos dos sistemas de ensino, mas, quando bem elaboradas e aplicadas, podem ser a peça-chave para um dos maiores desafios do Brasil: melhorar a qualidade da educação”, afirma. Para as mais de 200 instituições de ensino clientes da Prova Fácil, as pilhas de provas a serem corrigidas à mão ficou no passado.

O principal produto da empresa facilita justamente a vida dos docentes. Mais de 80 mil professores já baixaram o aplicativo, que gera redução de custos para as marcas educacionais, de tempo em todo o processo de aplicação e correção de provas e melhorias no ensino. Por sua vez, os alunos são beneficiados com uma preparação mais consistente, graças aos simulados e provas de alto nível. O professor recebe ainda um diagnóstico do nível de desempenho dos alunos da turma, e individualizado de cada um dos estudantes.

A plataforma corrige as avaliações de forma automatizada, tanto de papel, quando on-line, criando indicadores, inclusive, com métricas sobre quais pontos os alunos precisam estudar mais para avançar na performance. O software até monta as provas, de acordo com as regras de dificuldade da instituição de ensino. “Somos líderes na América Latina em gestão de provas e estamos no centro da revolução tecnológica atual. Atendemos instituições de ensino com soluções que geram clareza e simplificam todas as etapas de um processo de avaliação”, enfatiza Guimarães.

Sediada em Belo Horizonte, a Prova Fácil comemora resultados expressivos, entre eles destaca-se o fato de que 10% das provas aplicadas no ensino superior brasileiro são geridas pela plataforma, que acumula mais 100 milhões de avaliações realizadas com a finalidade de oferecer serviços que tornassem os processos de avaliação mais transparentes, eficientes e com indicadores claros que colaborem para o aprendizado. Foi uma tacada de sucesso.

É a única empresa que cuida do processo de avaliação de ponta a ponta, garantindo um olhar de gestão mais assertivo, otimizando recursos e gerando insights de melhorias a partir de benchmarking, sendo indicada para ser utilizada por alunos, professores e gestores de marcas educacionais que querem ter uma estratégia mais assertiva. Já consolidada no ensino superior, tendo como clientes as principais marcas educacionais do País, entre elas o Centro Paula Souza.

A Prova Fácil conta com investimentos de grupos como Confrapar e FF4, tendo sido selecionada entre 5 mil startups para participar do primeiro programa de aceleração do BNDES em 2019. Com uma equipe de especialistas, a empresa busca atrair novos investidores interessados em se associar a tecnologias que aceleram resultados de instituições de ensino, possibilitando um melhor processo de aprendizagem de estudantes.

Para Guimarães, existe uma diversidade de possibilidades de negócios para a Prova Fácil, que contribui para o avanço da educação brasileira. “Com a geração de inteligência e estratégia, as avaliações são mais assertivas e os alunos, os melhores”, conclui.

Fonte e mais informações: (www.provafacilnaweb.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap