55 views 2 mins

Partidos da base assinam manifesto em defesa de Dilma

em Destaques
terça-feira, 15 de setembro de 2015

PMDB, PCdoB, PP, PSD e PROS assinaram ontem (15), na Câmara dos Deputados, um manifesto em defesa do mandato da presidenta Dilma Rousseff.

O documento foi entregue pessoalmente a Dilma na reunião que ocorreu no Palácio do Planalto com líderes da base aliada.
Líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ) criticou movimentos da oposição que vêm buscando fundamentos para abertura de um processo de impedimento do governo. Há dias, quatro partidos de oposição lançaram um manifesto virtual a favor da saída de Dilma. “Tenho a percepção de que eleição se disputa até as 17h do dia do pleito, após isso tem que se respeitar o resultado das urnas, pode se fazer oposição e críticas, mas tem que respeitar o mandato.”
O deputado ainda afirmou que a tramitação, no Congresso, das últimas medidas anunciadas pelo Planalto, incluindo a possibilidade de recriação da CPMF, não será simples. Ele classificou de “tema espinhoso”, mas disse que o Legislativo não pode abrir mão de discutir uma solução para a situação econômica do país. “As medidas são no intuito de reorganizar as finanças públicas e fazer com que o país volte a crescer. A economia, neste momento, estagnou-se e é preciso esse movimento para que retome sua trajetória de crescimento”.
O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, também defendeu os anúncios. “Neste momento, o governo fez o que tinha que fazer: cortar o máximo possível e criar receitas que nos permitam o equilíbrio e superávit em 2016”, afirmou. Ele destacou que um momento de dificuldade não pode tirar a legitimidade dos votos que elegeram Dilma (ABr).