105 views 39 secs

Kassab e sua permanência no governo

em Destaques
segunda-feira, 14 de março de 2016

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD-SP), um dos que ganhou mais visibilidade no segundo mandato da presidente Dilma, evitou falar se, com o agravamento da crise política, ele deve permanecer no governo.

Kassab é fundador de um dos partidos com a maior bancada na Câmara, onde tem início o processo de impeachment. Em cerimônia de entrega de 499 unidades residenciais do programa Minha Casa Minha Vida em Luziânia, Goiás, a 60 km de Brasília, o ministro direcionou seu discurso às famílias beneficiadas e não falou sobre política no palanque.
O ministro não respondeu se permanece no governo. Com o agravamento da crise política e a possibilidade de impeachment da presidente, os principais partidos da base, como o PMDB, ensaiam uma saída do governo, com o abandono de cargos em ministérios e secretarias. Kassab é presidente licenciado do PSD e fundou o partido em 2011, quando levou com ele diversos deputados de oposição para a base do governo Dilma. Ele assumiu o cargo em janeiro de 2015 e ganhou visibilidade ao viajar o País fazendo entregas de complexos residenciais e obras de infraestrutura e saneamento básico (AE).