Consultor atesta que o mercado financeiro não é um bicho de sete cabeça

Falar de dinheiro é um assunto que pode causar angústia e receio na maioria dos brasileiros, visto em face ao cenário que estamos enfrentando de alta na inflação e de crise econômica. Muitos então resolvem fugir da conversa e acabam soltando frases que já se tornaram senso comum na população, reforçando mitos acerca do mercado financeiro.

Por outro lado, muitos outros bravos guerreiros encontrou na atual crise uma oportunidade de render seu dinheiro, mas como é iniciante na área é comum se deparar com algumas dúvidas, já que existem várias alternativas no mercado que vão desde produtos financeiros de renda fixa, fundos de renda fixa, variável até opções para perfis mais arrojados, com os quais é necessário possuir uma visão de médio e longo prazos.

Entretanto, muita calma nessa hora, pois o consultor financeiro César Augusto Karam vai esclarecer algumas dúvidas comuns e desmentir alguns mitos que rondam o mercado de investimentos. A primeira incerteza que Karam esclarece é a mais comum entre os brasileiros: Para investir é preciso já ter um bom montante inicial ?

“Não, não é necessário ter um montante inicial já grande para começar a investir, pois hoje já existem bons investimentos de renda fixa como, por exemplo, o tesouro direto, que custa a partir de R$30, R$35. Também é possível comprar ações com valores menores”, explica ele que também acrescenta que é preciso ter calma e não ficar ansioso por resultados imediatos.

“É como uma árvore de frutos, você planta para colher lá na frente, você não vai tirar uma renda de um valor tão pequeno, mas eu acho que essencial esse início para pessoa já ir praticando”.

E engana-se quem pensa que para começar a investir é preciso ser maior de idade, muito pelo contrário, o consultor financeiro explica que isso é um dos maiores mitos da atualidade. Como Karam fala: “O adolescente pode começar a investir sim. No momento em que ele abrir uma conta numa corretora, vai existir um termo, no qual o responsável assina passando a autoridade para ele poder investir”. Sobre o controle financeiro o investidor pondera que pai e filho podem chegar a um consenso de dividir a responsabilidade. “Será gerado um usuário e senha, nisso tanto o pai pode usar quando pode deixar o filho usar, e ele irá acompanhar seu progresso”, ponderou.

Com o tempo é possível se tornar um expert no mundo das finanças, mas as habilidades vêm com a prática. Obter conhecimentos é importante, mas além de saber a teoria, é preciso colocá-las em prática, sem medo. Por isso, além de assistir vídeos, ler livros, é essencial que o novo empreendedor esteja no meio, comprando, anotando tudo que comprou, acompanhando de perto às valorização, e o quanto antes, melhor.

“Indicaria começar com alguns livros que são de inteligência financeira, para já ir abrindo a mente e entender qual é a mentalidade correta. Livros como “Pai rico, pai pobre” e “O segredo da mente milionária”. Ainda também recomendo os vídeos do meu canal no YouTube “Canal do Karam”, porque lá eu faço resumo de livros que já li e falo em uma linguagem muito acessível”. Agora que você perdeu um pouco de resistência sobre o mercado financeiro, leia abaixo alguns mitos e verdades sobre o mundo dos investimentos.

1) É preciso ter muito dinheiro para investir na bolsa? – Mito. Não, não é preciso. Mas se você me perguntar se é preciso ter muito dinheiro investido para poder viver dos rendimentos, aí posso falar que sim, porque isso é uma construção, você tem que acumular um patrimônio suficiente para que o retorno que esse patrimônio te der cubra seus custos de vida. Isso é um plantio para longo prazo que para iniciar qualquer quantia investida a partir de R$30 serve.

2) A poupança é o investimento mais seguro? – Mito. Definitivamente, não muito pelo contrário, a poupança hoje em dia ela perde para inflação, o que significa dizer que a cada dia a pessoa que tem dinheiro na poupança vai ficando mais pobre, porque o preços das coisas, em geral, seja no supermercado, seja aluguel, os preços da economia como um todo, vão aumentando num ritmo mais rápido do que os juros que a poupança lhe paga.

Portanto, existem investimentos alí, como o próprio tesouro selic, ou outros que vão poder proporcionar um rendimento maior e com uma segurança equivalente e, de repente, até mais seguro por essa questão de já não está perdendo inflação.

3) Investir em fundo imobiliário é melhor do que investir em imóvel físico? – Depende muito da composição da carteira da pessoa, porque ao investir num fundo imobiliário, o indivíduo tem-se uma possibilidade maior de diversificação, muito ao contrário dele investir em um único imóvel físico. No fundo imobiliário, com pouco dinheiro, tem-se a possibilidade de obter vários imóveis diferentes.

4) Diversificar a carteira de investimentos é uma opção mais segura? – Verdade. Sem dúvidas, pois é aquele velho ditado: “nunca coloque todos os ovos em uma única cesta”. Quando você tem um bom conjunto de investimentos, um bom conjunto de ações, se de repente algum deles não sair conforme o esperado, como você tem vários, tem-se uma chance maior de se manter seguro e até conseguir rentabilidade acima da média.

5) Títulos de tesouro direto são investimentos seguros? – Verdade. Os Títulos do Tesouro Diretos nada mais é do que emprestar dinheiro para o Brasil e isso se chama risco soberano, no qual o seu risco está vinculado a o próprio país. Caso o Brasil quebre, ele te paga, mas é muito mais difícil o país, como um todo, quebrar ou te dar um calote, do que um banco. Então, sim, investir em Tesouro é mais seguro que Poupança.

6) As ações estão sujeitas ao pagamento de impostos? – Verdade. Apenas quando você vendê-las e desde que tenha lucro. Se você só compra as ações e está apenas preocupado em construir um patrimônio para o longo prazo, não precisa pagar nada. Mas, à medida que você foi vendendo e obtendo lucro, aí se paga 15% do valor do lucro líquido. Nas ações se paga menos imposto do que em empresas comuns. Fonte e mais informações: (https://www.instagram.com/karam.cesar/).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap