Ciência de dados para o realinhamento de negócios pós pandemia

A Alteryx, Inc., companhia líder em automação de processos analíticos acaba de concluir o estudo inédito “Ciência de dados para o realinhamento de negócios pós COVID-19”, encomendado ao IDC, realizado com empresas da América Latina, que expõe a urgência de habilidades digitais.

O levantamento revelou que:
• 75% das empresas em toda a América Latina esperam até 20% a menos de receita até o final de 2020;
• As organizações da região também estão acelerando projetos de transformação digital, priorizando investimentos em aceleradores de inovação como inteligência artificial (IA) e aprendizagem de máquinas (ML) e buscando a ciência de dados para definir experiências memoráveis e garantir a satisfação dos clientes.

O estudo concluiu que manter a confiança do consumidor e recompensar a lealdade é fundamental durante a crise financeira. Dos entrevistados que estão realinhando seus negócios para um novo normal:
• 58% se concentrarão em obter uma visão de 360 graus do cliente para criar experiências memoráveis;
• 53% desenvolverão um modelo de trabalho mais dinâmico que automatize processos padrão, e
• 48% garantirão que eles tenham serviços e experiências digitais mais confiáveis.

Embora o impacto da pandemia nas operações e estratégias comerciais tenha variado drasticamente entre as indústrias, uma coisa permanece consistente entre os entrevistados: os projetos de digitalização programados para os próximos anos foram agora acelerados para começar muito mais cedo.

Apesar de gastarem em média apenas 3,7% de suas receitas em iniciativas de transformação digital durante 2019, a pesquisa revelou que uma ampla gama de tecnologias está agora recebendo prioridade nos investimentos das empresas:
• 90% dos entrevistados das organizações financeiras adotarão uma abordagem tecnologicamente pioneira para automatizar operações e processos;
• 43% dos respondentes do setor de manufatura irão otimizar a gestão da cadeia de abastecimento;
• 75% das organizações comerciais se concentrarão na gestão digital da força de trabalho.

O estudo também revela que muitas empresas estão se voltando para os dados como a força vital de sua automação, baseada em IA, para se tornarem mais ágeis e competitivas. Por que a ciência de dados deve ser parte da nova normalidade?
• Até 2021, 15% das aplicações de experiência do cliente globalmente serão continuamente hiper-customizadas por meio da combinação de dados e do reforço dos algoritmos de aprendizagem;
• 60% das informações geradas pelas empresas serão, na sua maioria, dados não estruturados;
• Até 2025, os consumidores farão mais de 5.000 interações por dia usando dispositivos móveis;
• 30% dos dados serão consumidos em tempo real.

Com o volume, variedade e velocidade de dados cada vez maiores, o estudo confirma que a ciência de dados é necessária para combinar, analisar e visualizar informações para fornecer os insights necessários para a tomada de decisões. Fonte e mais informações: (www.itg-analytics.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap