6 mitos e verdades sobre empréstimo online

O empréstimo pessoal é uma alternativa para muitas pessoas que precisam quitar dívidas, realizar sonhos, abrir o próprio negócio ou até mesmo resolver uma emergência na família. Contudo, esse assunto é rodeado de mitos, ainda mais quando falamos da modalidade de empréstimo online.

Com o avanço da tecnologia, as instituições financeiras passaram a oferecer uma contratação de crédito mais simplificada e acessível, por meio dos seus aplicativos e sites. Se por um lado isso trouxe agilidade e facilidade, por outro pode causar insegurança no consumidor.

Apesar de muitos usuários já solicitarem empréstimos online, as dúvidas em torno desse tipo de serviço podem fazer quem precisa do crédito perder boas oportunidades. Para ajudar a desmistificar o assunto, Thaíne Clemente, Executiva de Estratégias e Operações da Simplic, fintech de crédito pessoal, elenca 6 mitos e verdades sobre a modalidade de crédito online. Confira:

  1. É possível se proteger de fraudes – VERDADE. Para isso, devemos usar sites confiáveis na hora de simular o empréstimo e ficar atentos a alguns detalhes que podem ser sinal de falta de segurança em páginas na internet. Por exemplo, no início do endereço eletrônico, as letras utilizadas têm que ser “https” e não apenas “http” – a letra “s” indica justamente a presença de protocolos adicionais de segurança.

Também é válido conferir a presença do símbolo de um cadeado junto ao endereço. Se ele estiver fechado, o site é de confiança e tem seus dados criptografados.

  1. Empréstimo pessoal depende de uma análise de crédito – VERDADE. Normalmente, todas as operações financeiras passam por uma análise de crédito prévia. É comum, antes de liberar o empréstimo, que a instituição consulte os órgãos de proteção ao crédito para confirmar os dados referentes à pessoa interessada e assim ter mais segurança na hora de liberar os valores.
  2. Negativados podem conseguir empréstimo online – VERDADE. Alguns bancos e correspondentes bancários conseguem fazer uma análise mais apurada do histórico e da condição financeira de quem solicita o empréstimo. Não é porque a pessoa está negativada, que ela não tem condições de arcar com uma parcela. Essa análise mais apurada faz com que o crédito fique mais acessível, inclusive para negativados.
  3. Tem que fazer um depósito adiantado antes de receber o empréstimo – MITO.
    As fintechs que prestam um serviço realmente seguro e confiável não utilizam esse recurso e não fazem esse tipo de solicitação ao cliente. Se a empresa está pressionando muito e exigindo rapidez no fechamento do contrato, pode inclusive ser um sinal de golpe.

Contratos de empréstimos têm de ser muito analisados e decididos com calma. O cliente tem direito de receber o documento para avaliar as condições antes de tomar uma decisão e não precisa fazer nenhum depósito prévio para ter acesso ao crédito, caso decida contratá-lo.

  1. Empréstimo online demora mais para ser aprovado – MITO. Como todo o procedimento é feito online, sem a necessidade de comparecer presencialmente em uma unidade de atendimento, é até mais comum que tudo ocorra mais rápido, desde o cadastro e a análise de crédito, até a aprovação e a liberação em conta do valor solicitado.
  2. A taxa de juros do contrato aumenta ao longo dos meses – MITO. Assim como a parcela descontada todo mês é fixa, as taxas de juros do empréstimo também são. Os juros estão disponíveis na própria simulação e terão a mesma taxa aplicada no momento do fechamento do contrato e durante todo o prazo de pagamento. Desse modo, o cliente fica tranquilo, sabendo quanto vai pagar todo mês. – Fonte e outras informações: (https://www.simplic.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap