5 passos para uma mudança geral de hábitos

Luzia Costa (*)

O que é habito? O hábito nada mais é que uma repetição de ações e atitudes constantes e repetidas que se tornar regras em nossa vida. E isso pode ser bom ou ruim.

Por exemplo, se eu começo acordar cedo todos os dias, meu corpo vai se acostumar tanto com o horário, que chega uma hora que não preciso nem de despertador mais, da mesma forma se eu começo a acordar tarde todos os dias, ou coloco 10 vezes o botão da soneca do celular para despertar, o dia que eu acordar cedo meu corpo vai sofrer horrores.

Segundo uma pesquisa na universidade de Duke, nos EUA, cerca de 40% de nossa rotina é feita de hábitos. É como se estivéssemos no piloto automático por mais de nove horas por dia. Incrível, não é? A gente sabe que a mudança de hábito é uma das coisas mais difíceis da vida. Quantos de nós já não começamos inúmeras coisas e paramos no meio? Pois é. Já ouviram falar na teoria dos 21 dias? A teoria foi formulada pelo cirurgião plástico Maxwell Maltz, especializado em amputações e cirurgias plásticas, em meados da década de 1950.

Após uma amputação de braço ou perna, os pacientes sentiam a sensação que ainda tinham o membro amputado. Depois de observar diversos pacientes, o médico notou que eles levavam em média 21 dias para se adaptar com a nova situação de não ter um membro. Por isso que quando iniciamos um novo hábito, precisamos insistir até que isso vire de fato um hábito, até o cérebro entender um novo estilo de vida.

Mas para isso acontecer, é preciso ocorrer uma escolha, é necessário plantar em você uma nova ideia, como uma semente é plantada. Um novo hábito no início não será fácil, mas ele te trará para fora novamente, e você dará frutos através dele.
Em algum momento, a nossa vida vai sentir o peso do nosso hábito. Se for um hábito bom, vamos colher bons frutos, mas se for ruim, poderá afetar o lado profissional, pessoal e até o sentimental.

O fato é que para mudar um hábito precisamos de tempo e persistência, e com certeza, não vai ser algo fácil. Temos que conter a nossa vontade imediata de satisfazer o nosso prazer e pensar a longo prazo. Só assim vamos dizer os nãos que precisamos dizer, e aguentar firmes e fortes até a conquista do nosso objetivo.
Para te ajudar a mudar de vez os hábitos, separei algumas dicas. Confira:

  1. Comece tirando seu cérebro da zona de conforto – Exercícios para o cérebro ajudarão a ter uma mente mais saudável e mais produtiva. Podemos escovar os dentes com a mão contrária da que estamos acostumados, mudarmos o caminho até o trabalho, escola e/ou faculdade, dar carona para alguém para prestarmos atenção em outras atitudes no trajeto, escrever com a mão contrária, etc.
    Essas pequenas mudanças te ajudarão a tirar o cérebro do automático.
  2. Faça uma análise da sua rotina atual – Analise e visualize tudo de ruim que seus hábitos atuais estão te causando, e tudo de bom que você não está usufruindo, porque já entrou no piloto automático, por isso a importância, dos exercícios para o cérebro. Crie uma tabela de somatórias para exercícios de maus hábitos.
  3. Entenda que é preciso ter equilíbrio do corpo, mente e espírito – Engana-se quem acha que ter uma vida saudável só depende de muito exercício e dietas. É necessário ter um equilíbrio entre corpo, mente e espírito. É preciso sim cuidar do corpo, mas não só se exercitar que é o essencial, mas também cuidar da sua pele, ter uma boa noite de sono, uma boa alimentação.

É preciso cuidar da sua mente para que consiga ter disposição de fazer tudo que falamos do corpo. Como? Consumindo bons conteúdos, como livros, etc. Pois a sua mente pode ser sua amiga, mas se você não cuidar, ela pode ser sua inimiga e te levar a uma depressão. E por fim, é preciso cuidar do seu espírito com meditações e orações diárias.

  1. Coloque toda a mudança em prática – Quer mudar de vida? Então coloque sua mudança em prática. Não adianta nada se sabotar, mentir para você mesmo procrastinando atitudes que só dependem de você. Então se você definiu metas, mudanças na sua vida, coloque em prática. Se esforce!
  2. Defina um horário para você se cuidar – O ideal seria se fosse a primeira hora do dia, porque sua primeira hora, impacta totalmente na sua última hora.
    A disciplina tem que estar alinhada com a liderança, liderar você e sua mente, é o que te faz ter autoridade com a sua família e seus negócios, sua equipe. Você simplesmente derrama o que já existe em você, assim terá o respeito e a autonomia que busca tanto.

E lembre-se, hábito tem que incluir: o amor, o riso, a paz, a harmonia, o conhecimento.

(*) – É empreendedora e mentora. CEO do Grupo Cetro, detentor das marcas Sóbrancelhas, Reduci, DepilShop, entre outras startups (www.grupocetro.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap