Realidade aumentada aproxima consumidor virtual de experiência real

Fabrício Visibeli (*)

Você já imaginou que fosse possível experimentar roupas virtualmente?

Apesar de ainda não estar muito presente no varejo virtual, essa possibilidade existe com a Realidade Aumentada (RA), muito conhecida no mundo dos jogos virtuais e uma grande tendência para melhorar a nossa experiência no e-commerce. Ao contrário da realidade virtual, que nos leva a um cenário completamente distinto do mundo real, a RA traz experiências virtuais para o mundo real e permite a nossa interação com os objetos virtuais, uma espécie de projeção.

Um exemplo foi lançado em 2019, pelo Google, que por meio da Realidade Aumentada, simula animais em 3D como se estivessem no mesmo ambiente que o nosso, com movimentos perfeitos e emitindo sons típicos. Essa técnica associada ao varejo funciona da seguinte forma: conseguimos escolher em tempo real a peça que combina mais com o nosso tom de pele e saber como ficará no nosso corpo, como se estivesse vestindo.

Esse tipo de teste dá uma visão mais ‘real’ dos artigos, consequentemente maior chance escolhermos o item certo, o que acaba aquela “dor de cabeça” de perder tempo com cancelamentos e trocas de pedidos, proporcionando uma melhor experiência de compra. Pense na facilidade de experimentar jóias, maquiagens, óculos ou lentes de contato para escolher a melhor cor por meio do celular, de dentro da sua casa!

Inclusive, a pandemia acelerou as compras online, o que tem levado muitas empresas do setor a investirem em inovações para melhorar a jornada do cliente no mundo virtual. Um estudo da Deloitte Digital e da Snap sobre o potencial da Realidade Aumentada indicou que essa tecnologia será a próxima fronteira do engajamento móvel e digital, com potencial de ajudar as marcas a elevarem a experiência do cliente.

O relatório, que avaliou as respostas de 15 mil consumidores domésticos e internacionais nos Estados Unidos, dos quais cerca de metade usuários do Snapchat, mostrou que a RA tem o poder de impactar os resultados financeiros de uma empresa, não apenas impulsionando as conexões com os clientes, mas gerando conversões de forma significativa.

Essa tecnologia chega aos poucos no varejo virtual por meio de qualquer celular e de maneira generalizada para toda a população. Futuramente a Realidade Aumentada estará disponível também nos produtos além de relógios e celulares.
Para este ano, a maior novidade foi o lançamento dos óculos inteligentes com a RA, anunciada por Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, em parceria com a Ray-Ban. A tecnologia permite ao usuário fotografar, gravar, ouvir música e podcast. Tudo compatível com iOS e Android.

Por fim, à medida que a RA evolui, ela impactará na nossa vida, tornando-se protagonista de uma revolução tecnológica tão impactante quanto a internet ou o celular, mudando a forma como vemos e interagimos com o mundo ao nosso redor.
Afinal, o virtual está cada vez mais real.

(*) – Com formação em Ciência da Computação na FEI e pós-graduação em gestão de projetos de TI na USP, é sócio-diretor na CBYK.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap