Como implantar recorrência em seu negócio

Patrick Negri (*)

Não é novidade que manter um cliente é mais barato do que conquistar um novo.

Para trilhar esse caminho com excelência, algumas empresas – como Netflix, Spotify e SmartFit -, adotaram modelos de assinaturas, que é chamado de economia de recorrência. Mas o que é e como implantar no seu negócio?

O modelo de venda por recorrência funciona da seguinte forma: o e-commerce disponibiliza um mix de produtos ou serviços de forma contínua mediante o pagamento de um valor preestabelecido e pago periodicamente. É um parcelamento? Não. Mesmo que em todos os meses o cliente precise efetuar o pagamento para ter acesso, é um acordo entre as partes.

Para ficar claro, vou dar um exemplo: o cliente contrata um serviço no valor de R$ 500 para utilizar por dez meses. Na modalidade recorrência, todo mês – uma vez que já tenha cadastrado o cartão de crédito -, será debitado automaticamente R$50 na data escolhida, sem que o limite total seja comprometido.

Já no parcelamento, o consumidor usaria R$ 500 do seu limite total, mesmo que o pagamento for em parcelas e, às vezes, até com juros.
Citei acima empresas reconhecidas para que tenham mais clareza do que é economia de recorrência. No entanto, esse modelo pode ser implantado independente do tamanho do seu negócio.

E como faz? Primeiro é preciso contratar uma empresa especializada, que ofereça uma infraestrutura de pagamentos bastante eficiente. Isso porque, diferentemente do sistema convencional, a jornada de compra do cliente em um processo de pagamento recorrente tem um ciclo infinito, e o foco do seu negócio e do sistema deve estar preparado para manter o cliente mais tempo com a sua empresa.

Segundo, é preciso realizar o cadastro dos clientes e o registro da cobrança no sistema de pagamentos escolhido. Para tanto, você precisa definir: o valor, a periodicidade e a quantidade de transações. Os pontos importante para determinar o preço são: considerar o custo; quanto o seu cliente pode pagar; e como o seu concorrente prática.

Você deve se perguntar se vale a pena ou não implementar recorrência na sua empresa. Abaixo, listei as principais vantagens. Confira!

1 – Manutenção dos clientes pois, nesse caso, cria-se uma maior facilidade no relacionamento;
2 – Com o pagamento automático no cartão de crédito dos clientes, há também uma redução de inadimplência;
3 – Como a cobrança não é feita de maneira manual, minimiza-se esforços da equipe financeira e, consequentemente, os erros;
4 – Previsão de lucros a longo prazo.

(*) – É empreendedor, desenvolvedor, hustler e CEO da iugu, primeira plataforma online para automação financeira do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap