Via Digital Motors

Lucia Camargo Nunes (*)

Ferrari apresenta nova 296 GTB

  • Save
Ferrari 296 GTB. foto Via Digital

A Ferrari ganha uma nova linha de híbridos que resgata os motores V6. O único exemplar da novíssima 296 GTB foi apresentada no showroom da Via Itália, importadora oficial da Ferrari, em São Paulo.

Sob o capô traseiro, o superesportivo carrega um poderoso motor biturbo V6 de 3 litros que entrega 663 cv acoplado ao câmbio de 8 marchas e tração traseira. Ao ser acionado no showroom, seu ronco atrai todas as atenções. Mas imagine pilotar a máquina sem qualquer ruído?

Sim, a 296 GTB, além do V6, traz sistema híbrido plug-in de 2 motores elétricos no eixo dianteiro e mais um que vai na caixa de transmissão. No modo elétrico, é possível rodar silenciosamente por 25 km ao limite de 135 km/h, até que o V6 seja exigido e acordado. Combinados, os motores chegam a 830 cv e poderosos 75,4 kgfm de torque.

Vendas em alta: na casa dos milhões

Eduardo Alves, responsável comercial da Via Itália, estima que 20 unidades da nova Ferrari 296 GTB sejam vendidas por ano no Brasil. Em 2021 a importadora fechou negócio com 35 unidades e só não vendeu mais porque a fábrica não acompanha o volume de pedidos.

A cor vermelha é ainda a mais pedida no Brasil (e no mundo). O primeiro e único exemplar da Ferrari 296 GTB que desembarcou no Brasil vem na cor Rosso Imola (pintura metálica).

O preço da 296 GTB, com entregas para dezembro, ainda não foi definido. Para ser ter uma ideia, ela ficará posicionada acima da Ferrari Roma (R$ 3,3 milhões) e abaixo da F90 (R$ 7,7 milhões). Façam suas apostas.

Renault confirma novo SUV com motor 1.0 turbo

  • Save
fabrica Renault PR – foto Renault.

A Renault do Brasil confirmou o investimento de R$ 2 bilhões para a produção de uma nova plataforma, um novo SUV e de um novo motor 1.0 turbo em sua planta em São José dos Pinhais (PR).

A plataforma CMF-B permitirá a chegada de novos produtos, e até para eventual eletrificação. O SUV com o novo motor 1.0 turbo deverá estrear em 2023 e ficar posicionado acima do Kwid e abaixo do Duster, mirando o segmento do Fiat Pulse.

A rentabilidade é o foco. O plano estratégico, explica Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil, é oferecer novos produtos nos segmentos mais altos do mercado.

Audi inicia vendas do Q5 híbrido plug-in

  • Save
Audi Q5 TFSIe quattro-3. foto Audi

A Audi iniciou a pré-venda de um lote de 300 unidade do novo Q5 TFSIe, vindo do México, com preços a partir de R$ 413.990.

O novo propulsor 2.0 TFSI de 252 cv atua em conjunto com um motor elétrico de 105 kW (143 cv). Combinado, este Audi rende 367 cv de potência e 50,9 kgfm de torque.

No modo puramente elétrico, a bateria dá autonomia entre 56 e 62 km, segundo a Audi.

Os planos da Nissan para o Brasil

  • Save
fabrica Nissan Resende. foto Via Digital

Parte dos investimentos da Nissan de US$ 250 milhões (R$ 1,1 bilhão) anunciados no início de abril para a fábrica de Resende (RJ), serão direcionados a um novo modelo a ser produzido nessa planta, onde já é fabricado o Kicks. 

Embora Airton Cousseau, presidente da Nissan Mercosul, pouco esclareça sobre o novo veículo, descartou ser o Versa, hoje importado do México. Ao que tudo indica, será um SUV acima do Kicks, para concorrer com modelos do porte do Honda HR-V.

Cousseau diz que a marca não busca crescer no market share, que hoje é de 3%. “Nosso objetivo não é chegar a 10% do mercado. Podemos ter menos, para nos mantermos de forma sustentável, no azul”, comenta.

Engenheiros da Ford exportam inovações

  • Save
Ford-PDBrasil-Modelagem. foto Ford

A Ford deixou de produzir veículos no Brasil em 2021, mas nem por isso deixou de investir no país. É que a marca norte-americana decidiu manter em Camaçari (BA) um Centro de Desenvolvimento e Tecnologia e só neste ano estima gerar receita de R$ 500 milhões com serviços exportados.

A Ford conta com a colaboração de 1.500 engenheiros que atuam em projetos globais da marca, apoiados em pilares de eletrificação, sistemas de conectividade e veículos autônomos.

Um dos trabalhos deste time é o design dos futuros veículos elétricos da Lincoln, marca que nem sequer está à venda por aqui. A equipe também desenvolve as próximas gerações de sistemas multimídia de veículos Ford.

(*) É economista e jornalista especializada no setor automotivo, editora do portal www.viadigital.com.br. E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap