189 views 6 mins

Via Digital Motors

em Via Digital Motors
quarta-feira, 13 de dezembro de 2023

Lucia Camargo Nunes (*)

Volks celebra 70 anos com 9 lançamentos

ID.Buzz. Foto: VW.

Ao fazer sua retrospectiva de 2023, o balanço da Volkswagen foi bem positivo: a marca completou 70 anos de Brasil, lançou 9 veículos e teve resultados melhores que a média do mercado.

Além dos elétricos ID.4 e ID. Buzz, disponíveis apenas por assinatura, a Volks iniciou as vendas do Polo GTS, Virtus, Polo 1st Edition, Polo Track, T-Cross The Town, Saveiro e Tiguan.

A Volks ainda anunciou investimento de R$ 7 bilhões até 2026 na América Latina e lançou a novas estratégias para acelerar ações de diversidade, digitalização, foco no cliente e descarbonização.

Outra importante iniciativa foi estender até 2028 os acordos coletivos vigentes com os sindicatos das quatro fábricas, negociação fundamental para novos investimentos, veículos e sistemas de propulsão que serão desenvolvidos e produzidos pela marca no Brasil.

No consolidado até 10 de dezembro, a Volks cresceu no ano 34% em volume e deve encerrar 2023 como vice-líder, com 15,5%, atrás apenas da Fiat (22,1%). Esse share representa um avanço de 2,4 pontos percentuais, o maior do mercado. Além disso, o Polo deverá ser o automóvel mais vendido do Brasil.

“O ano de 2023 ficará na história da Volkswagen do Brasil. Celebramos 70 anos, avançamos fortemente com a nossa ofensiva de produtos e somos a maior produtora de automóveis do Brasil, com mais de 25 milhões de veículos produzidos. Todo brasileiro tem uma história com a Volkswagen”, disse Ciro Possobom, CEO da Volkswagen do Brasil.

Ford cresce 40% nas vendas e quer mais em 2024

Daniel Justo, presidente da Ford América do Sul. Foto: Ford.

A Ford tem muito a celebrar sobre 2023. Além de importantes lançamentos, a marca avançou na renovação da rede, no relacionamento com o cliente, na engenharia e nos projetos sociais.

Em relação aos produtos, a marca que virou importadora renovou seu portfólio com a F-150, Maverick Hybrid, Ranger, Territory e Mach-E. No segmento de comerciais, a divisão Ford Pro, trouxe três novos produtos: a Transit automática, Transit Chassi e as versões de trabalho da Ranger.

Com isso, a marca deve fechar o ano no Brasil com crescimento nas vendas de 40% diante de 9% do total da indústria de janeiro a novembro. “No ano que vem, mantemos a nossa visão de continuar crescendo na casa de dois dígitos no Brasil e surpreendendo os clientes com novos produtos”, afirma Daniel Justo, presidente da Ford América do Sul.

A F-150, por exemplo, deve fechar o ano com cerca de mil emplacamentos, ou 11% do segmento de picapes grandes. A Ranger cresceu 38% em volume de janeiro a outubro. O Territory, totalmente renovado, teve mil unidades licenciadas.

Já a Ford Pro cresceu 25% em volume, com 16 mil unidades, e avançou 28% na participação, que chegou a 8% do segmento.

Kia espera retomada das vendas em 2024

Ainda com dificuldades de importação, a Kia quer esquecer 2023. A marca sul-coreana vendeu apenas 5 mil veículos neste ano (repetindo a baixa performance de 2022). O reduzido volume, metade do que vendeu em 2019, é reflexo de dificuldades globais de abastecimento e logística por parte da marca.

Ainda assim, José Luiz Gandini, presidente da Kia, está otimista com o próximo ano. “A partir de agora eu acho que teremos momentos melhores, começando por dezembro, em que teremos 1.100 carros disponíveis.”

Niro Rio Open Limited Edition. Foto: Kia

O retorno do imposto de importação para eletrificados preocupa Gandini, mas o executivo não pretende, num primeiro momento, repassar esse custo – no início de 2024 a nova alíquota será de 7% para híbridos, subindo para 15% em julho.

Uma edição limitada de 100 unidades do híbrido Niro, a Rio Open Limited Edition, está sendo lançada por R$ 222.800 (apenas em dezembro) e em janeiro subirá para R$ 231.800. A Kia é patrocinadora do torneio, que acontecerá em fevereiro no Rio de Janeiro.

O Kia Niro traz motor 1.6 a gasolina, que opera em conjunto com dois elétricos e combinados rendem 141 cv de potência.

Um dos lançamentos aguardados para 2024 é o K3, hatch compacto, além da abertura de cinco concessionárias em locais que não têm a representatividade da marca. 

(*) Economista e jornalista especializada no setor automotivo, editora do portal www.viadigital.com.br e do canal @viadigitalmotors no YouTube. Acesse: linktr.ee/viadigitalmotors E-mail: [email protected]