Startup apresenta o Currículo Oculto como nova ferramenta de diversidade e inclusão para empresas

A Jobecam, HRTech referência no setor de recrutamento, seleção e D&I, que torna os processos seletivos mais diversos, acessíveis e eficientes por meio da tecnologia de vídeo e entrevistas às cegas, dá mais um importante passo nas práticas de diversidade e inclusão dos processos seletivos dentro das empresas. A startup, que dobrou de tamanho no último ano (2021), com  200% de crescimento, projeta crescer 300% em 2022, segue o seu plano de atuação no mercado brasileiro com o lançamento de mais uma funcionalidade. Agora, além de contarem com os vídeos às cegas, os recrutadores podem requerer o currículo oculto da pessoa candidata. 

O currículo oculto segue o modelo tradicional na sua estrutura. A diferença é que não é revelado o nome, foto, idade e nem o bairro onde a pessoa candidata mora. Ou seja, as informações pessoais são excluídas para evitar discriminações de gênero, raça, classe e faixa etária. 
 
Com a novidade, a pessoa recrutadora terá acesso aos dados básicos do talento como: Profissão, Idiomas falados, Experiências Profissionais (sem mencionar a empresa, apenas o seu segmento), Histórico Acadêmico (sem mencionar a instituição de ensino) e Habilidades. Os avatares, já conhecidos na tecnologia de vídeo da Jobecam, também são usados, substituindo a foto das pessoas candidatas. 
 
“A nova ferramenta é mais uma forma de combate aos vieses inconscientes. Por exemplo, evitamos percepções com relação a localização de pessoas que moram em locais afastados e têm mais chances de não serem descartadas por esse motivo, além da faculdade que cursou e gênero ”, comenta a CEO da Jobecam, Cammila Yochabell.

A startup que hoje atende clientes do porte do Bradesco e Vivo, aposta na oferta de uma experiência cada vez mais completa para os profissionais de RH, criando um ambiente ainda mais diverso dentro das empresas, com cursos e materiais educativos sobre diversidade, inclusão e vieses inconscientes.
A Jobecam que foi acelerada pela Oracle, Google, Microsoft e Estação Hack from Facebook e já recebeu aporte da BRQ, Harvard Angels, BVC e People + Strategy, espera agora expandir sua atuação nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do país já nos próximos meses.
 
A novidade chega em um momento em que 39% das empresas já vem investindo em tecnologias que evitam vieses discriminatórias na contratação, segundo o Guia Salarial 2022, da Robert Half, divulgado em outubro deste ano. Hoje, a plataforma já promove um aumento de cerca de 70% de diversidade nas contratações, mantendo o sigilo da voz, a aparência e dados da pessoa avaliada durante toda a entrevista. Além disso, o uso de inteligência artificial otimiza os processos seletivos em mais de 80%.

“Práticas de diversidade, equidade e inclusão melhoram produtividade e impactam positivamente na cultura da companhia. Além de atrair e reter talentos, tornando o ambiente mais criativo”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap