O mundo digital se preparar para uma nova era

O aumento da demanda por mobilidade e a migração de aplicativos e dados para a nuvem foram duas tendências que dominaram a tecnologia de rede durante a última década. Juntas, elas transformaram completamente o cenário de TI – da era da mobilidade para a era da nuvem. Agora, essas mudanças nos preparam para a próxima fase – a adoção da Intelligent Edge, a borda inteligente, a partir de 2021.

As equipes de TI darão o próximo passo nesta jornada transformacional, criando as infraestruturas necessárias. Não se trata apenas de conexão com a nuvem, mas de como os usuários e dispositivos IoT estão conectados, incluindo como o uso de dados gerados na borda pode levar a novas experiências e resultados de negócios.

A TI fará essas mudanças enquanto o impacto da Covid-19 continua a reverberar, exigindo que os recursos cruciais da borda inteligente permitam que organizações de todos os setores prestem melhor suporte aos trabalhadores remotos, forneçam os recursos necessários para um retorno seguro ao local de trabalho e criem condições para iniciativas de continuidade dos negócios.

Assim, à medida em que avançamos para o mundo pós-pandêmico, a Intelligent Edge, combinada com modelos de consumo como serviço, fornecerá às organizações segurança, ideias e a flexibilidade de que precisam para se adaptar e ter sucesso no que, com certeza, será um ambiente de negócios incrivelmente dinâmico.

Especificamente, estamos vendo clientes buscando flexibilidade. Eles estão adotando a rede como serviço (NaaS), pois esta modalidade oferece mais opções para entrega no local e na nuvem, incluindo acesso aos mais recentes componentes de rede de hardware e software, além de serviços cognitivos baseados em IA para obter o máximo dos dados.

Tudo isso facilita implementações bem-sucedidas de automação e análise de dados que posicionam os líderes de TI no controle proativo e até mesmo preventivo de suas respectivas redes, garantindo alto desempenho e melhores resultados. Afinal, é assim que a TI realmente afeta os negócios.

Olhando para este ano, aqui estão as principais áreas em que acho que veremos um grande progresso:

Novas plataformas de TI compostas de computação, armazenamento e rede conectadas à nuvem, colocadas ao lado de uma nova geração de equipamentos de borda inteligentes. Esta nova abordagem vai melhorar a produtividade por meio da redução do tempo de inatividade.

Os dados crescerão em volume e importância. Mais empresas aproveitarão o poder dos dados para impulsionar a inovação que leva a melhores resultados de negócios, e também enriquece experiências de funcionários e clientes. A partir de nossas interações com os clientes, estamos começando a ver uma transformação em que a maioria desses dados será gerada fora do data center ou da nuvem.

Inovações contínuas ocorrerão nas áreas de automação e AIOps (Inteligência Artificial para as Operações de TI). Isso vai ajudar as organizações a reorientar a equipe para tarefas de nível superior, em vez de gastar muito tempo detectando, diagnosticando e corrigindo problemas que têm o potencial de impactar negativamente a rede e as operações que dependem dela. Ser capaz de resolver problemas mais rapidamente – ou antecipá-los e evitar que ocorram – oferecerá suporte a experiências aprimoradas de usuário e cliente.

As equipes de rede vão liderar a tarefa de eliminar os silos que separam servidor, armazenamento, virtualização e funções AIOps, entre outros. Remover essas barreiras permitirá que as organizações colaborem de forma mais estreita, acelerando a realização de seus objetivos de negócios e superando os efeitos causados pela pandemia global.

Embora 2020 tenha sido um ano de desafios sem precedentes em muitos níveis, as inovações que nós vimos na tecnologia de rede nos últimos 12 meses nos proporcionaram algum alívio e algumas novas maneiras de lidar com a situação. A pandemia também colocou a TI no centro das atenções, com os CEOs reconhecendo sua importância para ajudar a superar esses desafios e até mesmo oferecer vantagens competitivas. Essas vantagens podem se estender desde a capacitação da força de trabalho, criando uma equipe mais satisfeita e produtiva, para impulsionar novas iniciativas de negócios e produtos.

Em 2021, devemos continuar inovando e encontrando novas maneiras de alavancar os muitos recursos e benefícios de uma borda inteligente para enfrentar e superar qualquer novo desafio que possa estar à frente.

(Fonte: Keerti Melkote é presidente e fundador da Aruba, uma empresa Hewlett Packard Enterprise).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap