89 views 2 mins

Israel está utilizando reconhecimento facial em Gaza

em Tecnologia
terça-feira, 02 de abril de 2024

Os serviços de inteligência militar de Israel estão utilizando experimentalmente em Gaza um sistema de reconhecimento facial que, entre outras ferramentas, utiliza o Google Photos.

Vivaldo José Breternitz (*)

Segundo o New York Times, o sistema tem como objetivo identificar membros do Hamas, mas que, em pelo menos um caso, o sistema identificou erroneamente civis palestinos como tendo laços com o grupo terrorista.

O sistema começou a ser usado como uma ferramenta para localizar reféns israelenses sequestrado pelo Hamas – no entanto, como frequentemente ocorre com novas tecnologias, o sistema passou a ter um escopo maior, ou seja, a identificação de pessoas com laços com o Hamas ou outros grupos militantes.

Além do Google Photos, o sistema usa tecnologia da empresa israelense Corsight, especializada em reconhecimento facial, que afirma que seus produtos podem reconhecer pessoas com menos da metade de seus rostos expostos, em situações de pouca luminosidade e operar até a partir de drones.

No entanto, agentes dos serviços de inteligência relataram que a ferramenta não é tão eficiente, gerando com alguma frequência falsos positivos.

O Google informou que não tem qualquer relação com o sistema israelense e que o Google Photos é um produto gratuito, disponível ao público em geral, com funcionalidades que, entre outras, ajudam a organizar fotos, agrupando rostos semelhantes, funcionalidades essas que os israelenses parecem estar usando.

(*) Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, é professor da FATEC SP, consultor e diretor do Fórum Brasileiro de Internet das Coisas – [email protected].